Archive for julho 17th, 2017

17 de julho de 2017

Uma semana após recesso, alunos de Maceió voltam a ficar sem aulas

Em assembleia convocada pelo Sinteal, professores decidem iniciar greve geral na próxima segunda-feira, 24

17 de julho de 2017

Rodrigo Janot diz que não tem pressa para nova denúncia contra Temer

Procurador diz que há investigações em curso para outra denúncia, mas só apresentará com provas

17 de julho de 2017

Estado entrega 15 ambulâncias nesta terça feira para pacientes do SUS

Governo investiu mais de R$ 2,8 milhões, recursos do tesouro estadual

PT e PSDB com as maiores rejeições na sociedade brasileira: o preço a pagar

17 de julho de 2017 • 12:33 pm
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

Demonizado por grande parte da sociedade que reage bem aos conceitos de direita no País, o PT vai sofrer muito para se livrar da rejeição adquirida. Terá que se reinventar para seguir em frente e se livrar de uma série de estigmas que o acompanham nesses tempos bicudos, onde tudo é possível, inclusive o rolo compressor contra o estado de direito democrático.

Uma missão para os petistas nada fácil de superar. O partido tem hoje uma rejeição de 56%, segundo algumas pesquisas no plano nacional, muito embora as estatísticas ainda apontem Luis Inácio Lula da Silva, como o candidato preferido dos brasileiros, seguido muito de perto por Jair Bolsonaro, o candidato mais à direita, politicamente falando, na vida pública brasileira.

Mas, o que chama a atenção nos números das pesquisas que se espalham – e são vários os institutos – é que o PSDB, o partido dos tucanos, vai seguindo o mesmo rastro de rejeição. A última pesquisa do instituto brasiliense Poder360 indica que o PSDB hoje sofre uma rejeição de 51% da sociedade.

Ora, isso leva a crer que há uma fadiga imensa no País em relação a postura do partido de “sugar o bem bom” e ficar em cima do muro na hora de decidir questões importantes no meio político. Como, por exemplo, no caso do governo de Michel Temer, onde o PSDB vai ficando com seus 4 ministros agarrados aos cargos, entre outras benesses asseguradas aos seus parlamentares pelo próprio Temer, o primeiro presidente da República a ser denunciado pela justiça por corrupção passiva, na história do Brasil. O aval do PSDB tem de fato um preço, incluindo aí o desgaste apontado pela pesquisa.

Mas, tudo isso tem a ver, sobretudo, com o figurão Aécio Neves. Ele ex-presidente do partido e ex-candidato a presidência da República que estimulou o povo a ir às ruas em busca do chamado “terceiro turno” no País, após perder as eleições nas urnas para Dilma Rousseff (PT). O terceiro turno veio travestido de luta contra a corrupção do PT no poder. Assim foi até culminar com o impeachment da Presidente petista. Até esse momento o senso comum dizia que a corrupção só existia de um lado.

Com o passar dos tempos e os vários discursos do senhor Neves no Senado, condenando a corrupção dos adversários, eis que ele é flagrado em gravação, apresentando-se tão corrupto quanto os demais. E o pior: Cobrou uma propina de R$ 2 milhões e ainda sugeriu matar o “carregador da mala” se este fizesse delação. O mundo então desabou para os que achavam que fosse ele um santo a ser guardado em oratório.

Nos dois casos há que se pagar o preço pelos erros históricos . Afinal, cedo ou tarde a sociedade cobra.

Mas, tomara que o faça sempre pela via legal.

 

 


17 de julho de 2017

Mais de 63% das prisões preventivas de Moro foram revogadas em segunda instância

Gilmar Mendes diz que preventivas não podem ser mecanismo substitutivo de antigas torturas

17 de julho de 2017

Governo estadual inicia hoje construção de Hospital Geral do Norte

Ordem de serviço será assinada pelo governador Renan Filho, em Porto Calvo

17 de julho de 2017

Banco do Brasil acusado de levar à falência lojistas de Girau do Ponciano

Deputado acusou o desvirtuamento do papel social do banco, durante audiência pública na cidade