Archive for agosto 25th, 2017

25 de agosto de 2017

Ministro da agricultura é denunciado como líder de organização criminosa

Ministro Blairo Maggi é acusado de comandar esquema de R$ 40 milhões.

25 de agosto de 2017

Criadores de pastor alemão realizam exposição neste sábado

Quarta etapa do Ranking Norte/Nordeste 2017 terá julgamento do Mestre José Graça Aranha

25 de agosto de 2017

Aposentados começam receber hoje primeira parcela do 13º salário

Aposentados e pensionistas em todo o país começam a receber a antecipação da primeira parte do abono do 13º, a partir de hoje, sexta-feira, 25. O depósito da gratificação será…

25 de agosto de 2017

Ministério Público quer acabar com aposentadoria dos parlamentares

Plano atual permite que um deputado se aposente a partir de apenas um ano de exercício do mandato.

25 de agosto de 2017

Cai o nível de confiança do comércio quanto ao futuro do País

Queda de 1,8 ponto gera desconfiança na economia e aumenta a incerteza

25 de agosto de 2017

Governo do Estado inicia segunda de ampliação da adutora da bacia leiteira

Governador assinou ordem de serviço nesta sexta-feira

25 de agosto de 2017

Procuradores da República entram em guerra contra Gilmar e STF

Associação diz que a postura do ministro Gilmar Mendes causa perplexidade “não é de hoje”

Temer coloca o Brasil em liquidação para pagar a fatura dos aliados

25 de agosto de 2017 • 9:10 am

Michel Temer resolveu colocar o Brasil em liquidação. A ordem é vender portos, aeroportos, hidrelétricas, concessionárias de energia, a Amazônia e, sinceramente(!), até a Casa da Moeda.

Ao que parece, foi exatamente para isso que Temer e seus aliados congressistas deram um golpe no governo passado, assumindo o poder em seguida. Eles (lobos) vestiram-se de cordeiros, depois de financiarem a mídia e certos movimentos, e usaram a boa fé de muitos desavisados que imaginavam estar na luta contra a corrupção no País.

Ora, quem ajudou o presidente a chegar e se manter no lugar em que está, cedo ou tarde, cobraria a fatura. E ela será paga dessa forma. Sim, por que a privatização desenfreada rende e não é pouco.

O desespero no Planalto é tamanho que o chefe mandou vender uma área de conservação da Amazônia de 46 mil quilômetros quadrados. São 46 mil, onde estão reservas indigenas, mas foram liberadas para uma mineradora. Isso tem o nada bucólico cheiro de negociata forte.

Vende-se um País

Pare e pense: quem está no comando dessas articulações do escambo nacional? Exatamente o ministro Moreira Franco, que foi sócio de Eduardo Cunha e foi delatado na Lava Jato pela Odebrecht por ter pedido propina no ato da privatização do aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro. Quer dizer, ele tem expertise nessa seara.

Portanto, a privatização rende, sobretudo propinas. E agora mais do que nunca o governo quer privatizar por que precisa pagar a fatura cobrada pelos aliados e em seguida resolver o problema de caixa causado do déficit público que Temer agravou de maneira sórdida.

Veja que este ano o déficit estimado no Planalto era de R$ 139 bilhões, mas agora passará para R$ 159 bilhões. Assim, não há meta fiscal no mundo que resista ao descontrole de contas, que inclusive foi o argumento utilizado – no mercado – pelos articuladores do impeachment para derrubarem o governo de Dilma Rousseff.

Ou seja, Temer provocou o maior descalabro fiscal da história e agora precisa vender tudo o que o País tem por que a conta que precisa fechar, para pagar os seus credores, é muito alta.

Para isso, ele precisa de alguém de extrema confiança para intermediar negócios, cambalachos e outras coisinhas mais. Moreira é o nome do cara que vai cobrar e ser cobrado por muita gente.

Principalmente por que 2018 é ano de eleições e os aliados precisam da fatura paga para garantirem à volta ao salão de festas do Congresso Nacional.

E assim, enquanto a banda toca e eles vendem o Brasil, Januária não sai mais à janela para bater panela.