Archive for outubro 2nd, 2017

2 de outubro de 2017

Banco do Brasil em Pão de Açucar volta a disponibilizar cédulas

As agências do Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal da cidade foram explodidas em 2016

2 de outubro de 2017

Aécio pede ao Supremo liminar para suspender seu afastamento

No pedido, o advogado de Aécio, Alberto Toron, pede que o afastamento seja suspenso ao menos até que seja julgada a Ação Direta de Inconstitucionalidade. Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

2 de outubro de 2017

MPT constata condições precárias na empresa onde trabalhador foi morto em explosão

Trabalhadores não recebem treinamento específico para realizar atividades e não utilizam EPIs em quantidade suficiente; após conclusão de relatório pericial, MPT realizará audiência

O galo agoniza quase na UTI da série B: não alimentem a destruição

2 de outubro de 2017 • 2:08 pm

Nestes tempos mais que bicudos aventurar-se em uma discussão sobre futebol, política ou religião é ter a certeza do barulho a soar seja em que ambiente for.

Hoje, o ambiente preferido das pessoas tem forte concentração nas redes sociais. E aí é um salve-se quem puder pra senhora sensatez nenhuma botar defeito.

Na verdade, o defeito já é o pertencimento nesses grupos onde os chavões ruminantes dão à medida certa da deselegância da discussão, salvo raras proporções.

Imagine então como não anda a discussão em torno da performance do glorioso Clube de Regatas Brasil (CRB) no campeonato brasileiro da série B. Absolutamente triste. Para não dizer ridícula e enfadonha.

Enquanto (na série C) o arquirrival alagoano do galo da praia – o Centro Sportivo Alagoano (CSA) – navega em águas mansas com a bandeira da vitória, o time alvirrubro agoniza prestes a entrar na UTI do campeonato sem saber o que será do amanhã.

O regatiano mais otimista observa e diz: “agoniza mas não morre”, tal como o samba do mangueirense Nelson Sargento: “Alguém sempre te socorre/ Antes do suspiro derradeiro…”

É exatamente esse o espírito que deve pontuar entre os torcedores do Regatas. Só a torcida pode salvar a equipe dessa fase esdrúxula que vem passando.

Em meio a contrariedade, indignação, revolta, raiva e destempero, há que se juntar todos esses ingredientes coléricos e transformar em apoio real, verdadeiro e até a “devoção” ao clube que tanto se ama.

É hora de muito mais apoio ao galo.

É certo que a situação vivida pelo CRB é fruto de uma série de situações adversas que vão desde as limitações do elenco até erros praticados pela diretoria. Só que agora crucificar todos é entregar toda uma trajetória vencedora às feras.

Há quem destile ódio pelos dirigentes. Isso é irracional. Por mais que se discorde dos métodos e da condução da gestão, mas é preciso reconhecer que o grupo gestor do Regatas na atualidade tem mais méritos do que qualquer outro. É vencedor e os resultados dizem isso.

Para não permitir que o CRB vá direto para UTI e sucumba é preciso apoiar. O direito ao protesto é legítimo, mas ele precisa ser conduzido com urbanidade, coerência e totalmente desprovido de violência. Este último ingrediente nefasto não faz bem a ninguém. Pelo contrário. É um risco à vida.

Mais do que nunca é hora de acreditar. Eu acredito. O galo, de tantas glórias, agora quer o seu apoio verdadeiro. Quer a energia pulsante de cada coração regatiano para superar tantos traumas e tanta dor.

Fundamental é esquecer as contrariedades e contribuir para sair da encruzilhada medonha em que a equipe se meteu. O torcedor não tem o direito de alimentar o sentimento de destruição daquilo que lhe proporciona prazer e diversão.

Portanto, sejamos galo forte, destemido. E para repetir Sargento: “duramente perseguido, na esquina, no botequim, no terreiro”.

É o galo de campina… E este agoniza, mas não morre!

 


A alegria de uma viagem segura pelo universo literário

2 de outubro de 2017 • 1:49 pm

Aberta na sexta-feira (29), no Centro de Convenções de Maceió, 8ª Bienal Internacional do Livro de Alagoas tem programação para todas as idades, em especial para o público infantil, que, contando com a colaboração de pais conscientes, tem opções de sobra para sair da frente dos eletrônicos para sessões de contação de histórias, apresentações artísticas, brincadeiras e contato direto com muitos autores e suas obras literárias – momentos cada vez mais raros de convivência com a leitura e o conhecimento por meio de livros.

Vale tudo (de bom) nessa aventura alegre e segura que coloca pais e filhos; professores e alunos em contato com o conhecimento, o lazer e a cultura, num passeio pela Estação na Praça do Conhecimento, numa visita à Estação Saber (Biblioteca Móvel), na garimpagem de livros nos standes das editoras e nas compras – acessíveis a todos. O vale livro que possibilita aos alunos e professores de escolas públicas escolher e adquirir obras literárias ao seu gosto é uma excelente iniciativa do Poder Público, que vem vigorando desde a edição de 2015, da Bienal.

O vale livro da Prefeitura de Maceió tem créditos de até R$ 15,00. Parece pouco, mas concede aos estudantes de escolas públicas – sejam do ensino fundamental até a educação de jovens, adultos e idosos (EJAI) – o poder de compra de uma obra; a alegria de não saírem de mãos vazias da visita; de levar pra casa um pedacinho da Bienal.

Realizado pela Universidade Federal de Alagoas e coordenado pela Editora da Ufal (Edufal), o evento vem se aperfeiçoando a cada ano, conquistando um cantinho de saber nos corações alagoanos. Em sua rica programação, mais do que uma feira de livros (como pensam alguns), a Bienal promove bons debates focados na literatura e outros aspectos culturais e históricos – este ano aproveitando o bicentenário politico de Alagoas para promover a reflexão sobre a nossa história, os nossos costumes, a nossa arte e nossa cultura.

Então é aproveitar e sonhar, viajando na leitura de um bom livro; trilhar o caminho certo da educação; trocar conhecimentos e tornar a mentes mais accessíveis a todas as mudanças.

Quem gosta de ler sabe o quanto é prazeroso embarcar nessa viagem de sonhos, ficção, realidade e conhecimento.

E por falar em prazer, há quanto tempo você não lê um bom livro?

Ainda dá tempo. Confira a programação


2 de outubro de 2017

Índice de Confiança Empresarial avança 1,3 ponto em setembro

Com essa alta, a terceira consecutiva, o indicador chegou a 87,3 pontos, em uma escala de 0 a 200 pontos, o maior nível desde dezembro de 2014 (87,6 pontos).

2 de outubro de 2017

Maceió: Trânsito no Centro passa por modificações

Trânsito ficará interditado, a partir desta segunda, na Rua Buarque de Macedo para extensão da linha férrea.

2 de outubro de 2017

Maceió Rosa: capital muda de cor para combater o câncer de mama

Ação da capital é homenagem ao Outubro Rosa, campanha mundial de conscientização

2 de outubro de 2017

Secult-AL divulga resultado final do II Concurso de Contos Heliônia Ceres

Edital premia os três melhores contos com valor total de R$ 6.500

2 de outubro de 2017

Instituições financeiras reduzem estimativa de inflação pela sexta vez

A expectativa do mercado financeiro para a Selic foi mantida em 7% ao ano, no fim de 2017 e ao final de 2018.