Archive for novembro 14th, 2017

14 de novembro de 2017

Em rodada perfeita pela Série B, CRB derrota Goiás por 2×1

Galo está praticamente garantido na segunda divisão, precisando na pior das hipóteses de apenas um empate para se manter

Tá difícil ir ao Centro

14 de novembro de 2017 • 6:36 pm

Vamos combinar que ir ao comércio do Centro não é uma decisão agradável. Embora a Prefeitura de Maceió tenha reduzido o número de ambulantes nos principais trechos do calçadão das Ruas do Comércio e Moreira Lima, aos poucos, eles estão voltando.

O que falta, querido leitor?

Isso mesmo, fiscalização.

É fato que o número de desempregados na capital está no topo da escada.

Aliás, vale repetir aqui levantamento do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), de agosto último, mostrando que o índice de desemprego em Alagoas subiu de 17,5% para 17,8% no primeiro semestre de 2017.

Dados do primeiro trimestre do ano revelaram que em Maceió, a taxa de desocupação passou de 13,7% para 16,5%, comparado ao mesmo período do ano anterior. No país a taxa de desocupação foi de 13,6%, correspondendo a 14 milhões de brasileiros.

Dá dó só de ler! Imagine confrontar-se com a realidade dessas pessoas.

É o que está acontecendo no Centro!

São dezenas e dezenas vendendo de coentro a inhame, de feijão a manga e amendoim. Em alguns trechos, como na Rua do Sol, as calçadas foram tomadas por homens, mulheres e crianças que, sem alternativa, tentam assegurar o pão de cada dia.

Além do chamado drama social – que todos sabemos é resultado da corrupção que tomou conta do País nos últimos 20 anos (pra não dizer que não falei das flores!), o Centro sofre o abandono da gestão pública.

Buracos e esgotos, além do mau cheiro de urina e fezes de moradores de rua que por ali circulam à noite, tornam a ida ao Centro um programa extremo.

Ou seja, só vai quem tem negócio!

Punossasinhora!


14 de novembro de 2017

O que abre e o que fecha no feriado da Proclamação da República

Lojas do comércio abrem das 9h às 13h.; Principais shoppings funcionam normalmente

14 de novembro de 2017

Fiscais de renda e militares envolvidos na sonegação de de R$ 150 milhões

Operação Polhastro II prende 6 fiscais de renda e cumpre mandados de condução coercitiva no esquema de corrupção

14 de novembro de 2017

Série B: CRB recebe o Goiás em mais um confronto direto contra rebaixamento

Tendência é que Mazola repita a escalação que usou frente ao Guarani. A principal dúvida é no setor ofensivo

O novo sonho da classe política no congresso: os jogos de azar no Brasil

14 de novembro de 2017 • 7:38 am

Sem as empreiteiras para escoar dinheiro nas campanhas eleitorais, nem para engordar com propinas as contas bancárias de uma enxurrada de políticos com mandatos, o Congresso Nacional passou a debater mais avidamente a legalização dos jogos de azar no País. A proposta está se tornando no novo sonho de consumo da classe política brasileira.

Dentro do Senado Federal, o maior defensor da legalização dos jogos é o senador alagoano Benedito de Lira (PP), que é autor e relator do projeto na CCJ – Comissão de Constituição e Justiça – onde redigiu parecer favorável.

Bingos e Cassinos: o novo sonho de consumo

Se a proposta passar, caberá à Caixa Econômica Federal operar o sistema, com bingos, jogo do bicho, cassinos, além das diversas máquinas que engolem o dinheiro alheio num piscar de olhos.

O presidente da Caixa, Gilberto Ochhi, indicado por Lira para o cargo, já defendeu no Senado que o banco entre como operador no projeto, que, segundo ele, deve arrecadar R$ 20 bilhões por ano.

Sem dúvida, é dinheiro para nunca mais político nenhum perder uma eleição.

No projeto, a proposta da legalização dos jogos fala na criação de um Fundo Nacional de Desenvolvimento da Segurança Pública (FNDSP). Ou seja, parte do dinheiro arrecadado com os jogos iria para a segurança.

Mas, é sabido que esse fundo já existe atualmente com um saldo superior a R$ 1 bilhão no orçamento de 2017, mas que quase não foi utilizado para combater a violência nas cidades brasileiras.

Portanto, o fundo é mais uma balela no jogo de interesses de quem salta os olhos quando o assunto é dinheiro fácil.

Agora fique aí a imaginar o que vai ter de político com Offshore e Trust nos paraísos fiscais da vida, vivendo o mundo dos sonhos e sem ouvir nem ruído de tampa de panela.

Aguardem só a hora do crupiê avisar: Senhoras e senhores, façam suas apostas!

 

 


14 de novembro de 2017

Suspeitos de homicídios são presos em Maceió e região metropolitana

Doze pessoas foram presas até o início da manhã, com participação em assassinatos, latrocínios e tentativas de homicídios

14 de novembro de 2017

Ambulatórios ficam sem funcionar: Servidores do HU declaram greve

Entre as solicitações dos trabalhadores estão a reposição e o aumento salarial de acordo com a inflação

14 de novembro de 2017

Moradores do Farol interditam rua por quedas de energia

Eletrobras informou que uma equipe da companhia foi acionada para investigar as constantes quedas

14 de novembro de 2017

Nova tabela de valores da Juceal entra em vigor nesta terça

Reajuste atualiza os preços para todos os serviços do órgão