Archive for dezembro 14th, 2017

14 de dezembro de 2017

Shoppings e lojas do Centro adotam horário diferenciado para aumentar vendas

Este mês, lojistas ampliam atendimento abrindo também aos domingos.

14 de dezembro de 2017

Rodrigo Maia: Votação da reforma da Previdência será em fevereiro

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta quinta-feira (14) que decidiu marcar a votação da reforma da Previdência no plenário da Casa para o dia 19 de fevereiro do ano que vem.

14 de dezembro de 2017

Presidência do TJ reforça estrutura do Fórum de Porto Calvo

Desembargador Otávio Praxedes também entregou oito novos computadores que vão dar mais agilidade à prestação jurisdicional na Comarca

O governo perdeu

14 de dezembro de 2017 • 12:02 pm

Pena que ainda falta um ano para a gestão do presidente Michel Temer acabar. Até lá, o governo dele bate cabeça sem rumo em relação a problemas cruciais para o País.

A reforma da Previdência é um exemplo claro dessa situação.

Num dia, o líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR) dá entrevista dizendo que a votação da proposta reformista foi adiada para fevereiro.

No outro, é desmentido pelo presidente, que demonstra não saber o que fazer.

A verdade verdadeira é que o governo não tem os votos necessários à aprovação do texto que enviou à Câmara dos Deputados. E o pior, segundo analistas políticos, é provável que Temer perca apoio à medida que o ano eleitoral se aproxima.

A história mostra que em ano eleitoral dificilmente se vota matéria polêmica. Imagine, querido leitor, um tema do tamanho da reforma na Previdência pública!

A verdade é, essa o governo Temer perdeu.


14 de dezembro de 2017

Mordida na orelha rende a Dudu Hollanda pena de 3 anos e 5 meses

Político foi condenado por que decepou orelha de colega vereador a dentadas

A sociedade não ligou, mas bancária sentiu na pele os efeitos da reforma trabalhista

14 de dezembro de 2017 • 8:52 am

A sociedade brasileira começa a sentir o peso das mudanças patrocinadas pela maioria dos políticos brasileiros, a partir da derrubada do governo Dilma Rousseff e a ascensão de Michel Temer, no aspecto dos direitos  suprimidos.

Se quase ninguém liga para as constantes violações dos direitos humanos especificamente, nada mais emblemático para ilustrar as mudanças vividas na atualidade como o caso da bancária que processou o banco e foi condenada por um juiz a pagar R$ 67,5 mil ao Itaú. E o banco só desembolsou R$ 7,5 mil.

Sinal dos tempos. E tem tudo para piorar ainda mais.

O caso da bancária aconteceu no Estado do Rio de Janeiro, em Volta Redonda,  quando um juiz usou as novas regras da legislação trabalhista para julgar uma ação de 40 mil reais da ex-funcionária do Itaú, que reclamava horas extras, entre outras situações vividas de forma abusiva em seu local de trabalho.

Quem já trabalhou em banco sabe muito bem o nível de exploração a que são submetidos seus funcionários. Fora o estresse e constantes casos de assédio moral.

Mas,  a decisão do magistrado – que segue as novas regras – mostra que agora o coco é outro. E, se normalmente, na relação capital e trabalho a corda sempre arrebenta do lado mais fraco, daqui para frente teremos o salve-se quem puder. E quem pode mais estará rindo à toa.

Foi exatamente para isso que o governo Temer e seus aliados no Congresso fizeram a chamada Reforma Trabalhista. Direitos, daqui para a frente não serão reconhecidos. A proteção que o trabalhador tinha antes da lei, hoje já não tem mais.

Isso, como não foi entendido pela maioria da sociedade à época da votação da reforma no Congresso, será entendido a partir de agora com a prática da lei. Ou quando bater na própria pele.

Fazer o quê cidadão?

A resposta todos têm e ela é meramente política. Afinal, a decisão que golpeou os direitos dos trabalhadores foi resultado de uma ação política.

Portanto, isso é da conta de cada um. Principalmente de quem tem o poder do voto


14 de dezembro de 2017

Brasil tem a maior concentração de renda do mundo, diz pesquisa

Pesquisa Desigualdade Mundial 2018, coordenada, entre outros, pelo  economista francês Thomas Piketty

14 de dezembro de 2017

Maceió: Alteração no Código Tributário e projeto que beneficia procuradores são aprovados

Mensagens do executivo provocaram intensos debates entre integrantes da bancada de governo e a oposição

14 de dezembro de 2017

Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 39 milhões no sábado

A dezenas sorteadas hoje foram: 07 – 20 – 21 – 24 – 40 – 56;

14 de dezembro de 2017

Delmiro Gouveia realiza consultas em idosos para detecção de catarata

Nesta quinta-feira (14), a Prefeitura de Delmiro Gouveia, através Secretaria Municipal de Saúde, está dando continuidade às cirurgias de catarata para idosos acima de 60 anos. As consultas serão feitas…