25 de maio de 2016 • 8:04 pm

Blogs » Cotidiano » Marcelo Firmino

A ansiedade e o incômodo do governador para transformar Alagoas

Renan Filho: estamos construindo uma Alagoas que não se omite

Por: Marcelo Firmino
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

Ansioso e incomodado a esta altura do campeonato da governança. Assim está Renan Filho, governador de Alagoas, no exercício do cargo há um ano meio.

O incômodo vem da necessidade que tem de tocar rapidamente as obras planejadas e projetadas para a transformação do Estado, com os recursos disponíveis.

A ansiedade é fruto da própria juventude que tem e de saber que é preciso correr contra o tempo para colocar Alagoas em posição que ela jamais esteve no campo do desenvolvimento. Ansioso para mostrar à sociedade que as realizações de hoje já poderiam ter sido feitas há decadas.

Os projetos são muitos, os sonhos são contínuos e a disposição para realizar mais ainda. Pelo menos essa foi a imagem que ele passou em conversa com a reportagem do eassim.net. E neste caso não tergiversa. “Nós estamos construindo uma Alagoas que não se omite”.

Renan em exclusiva ao eassim.net

Renan em exclusiva ao eassim.net

Um dos males do passado, como deixou transparecer, foi que os gestores passaram pelo governo transferindo responsabilidades quando questionados porque  não fizeram. Para Renan Filho esse tempo acabou.

” Vamos fazer”. Essa é a palavra de ordem no gabinete do governador, entusiasmado com uma série de projetos estruturantes já licitados e outros em vias de.

Alguns com recursos os projetos, outros com dinheiro federal  e tem ainda com a participação da iniciativa privada.

Eles vão desde a área de educação e saúde, mobilidade e infraestrutura, até a área de segurança. São projetos cujos investimentos vão de R$ 30 milhões a R$ 1,5 bilhão.

O plano, segundo Renan Filho, é consolidar em Alagoas uma gestão transformadora, que começou  mudando os índices de violência, com redução da criminalidade superior a 30%, e tem pontuado uma agenda que alimenta a esperança dos alagoanos.

É essa agenda que o eassim.net vai apresentar no decorrer dos próximos dias, a partir de uma longa entrevista feita com o governador de Alagoas.

 

 

 

1 Comentário

  1. Paulo disse:

    O governador conversa muito. Tudo pra ele vai às mil maravilhas. Mas a Samu está caindo aos pedaços, a saúde vai muito mal, milhares de alunos ainda nem concluíram o ano de 2015, a polícia civil e agentes penitenciários insatisfeitos e a segurança que o digam os rodoviários. Para quem quer ser candidato a presidente, a conversa é muito boa, mas, na prática, um fiasco.

Deixe o seu comentário