19 de outubro de 2015 • 11:39 pm

Bleine Oliveira

A crise na escola particular

A Federação Nacional das Escolas Particulares (Fenep) prevê que a rede privada de ensino pode perder entre 10% e 12% de seus alunos. Com a crise econômica, os pais ou responsáveis,…

Por: Bleine Oliveira
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

A Federação Nacional das Escolas Particulares (Fenep) prevê que a rede privada de ensino pode perder entre 10% e 12% de seus alunos. Com a crise econômica, os pais ou responsáveis, especialmente nas classes C e D, estão com dificuldades para pagar as mensalidades e a tendência é que recorram à escola pública.

Um indicador dessa crise é o índice de inadimplência que, segundo a Serasa Experian está aumentando, do ensino fundamental ao superior. O crescimento do número de pais ou responsáveis com mensalidade atrasada subiu para 22,6% no primeiro semestre de 2015, em comparação com o mesmo período do ano passado.

Segundo especialistas, foi a maior alta, em um primeiro semestre, desde 2012.

Para receber os atrasados é preciso renegociar considerando a situação das famílias. A mesma dica, entender a situação de crise, vale para o momento de elaborar a planilha para 2016.

Deixe o seu comentário