18 de dezembro de 2015 • 10:07 am

Maceió

A foz do riacho Salgadinho revela “a vergonha maceioense”

O retrato do descaso e da omissão dos gestores públicos.

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page
O retrato do descaso e da omissão.

O retrato do descaso e da omissão.

Em pouco tempo de chuva e, de repente, a Maceió escondida aparece à beira mar da forma mais trágica. É nessas horas que se percebe a falta de uma educação ambiental eficaz na cidade, bem como do descaso dos gestores públicos para o que se pode chamar de “a vergonha macieoense”, como bem disse Genival Melo Santos, comerciante, cujo estabelecimento fica próximo à foz do riacho Salgadinho.

As fotos mostram bem a forma a falta de compromisso de seguidos governos municipais que quando falam do saneamento básico da cidade ou de resolver problemas como esse do Salgadinho o fazem da boca pra fora.

A foz do Salgadinho depois de pouca chuva.

A foz do Salgadinho depois de pouca chuva.

Em 2016 uma nova eleição será realizada para a Prefeitura de Maceió e, certamente, este será um tema recorrente, como tem sido a saúde pública, a educação e a segurança pública, quando as promessas são feitas durante toda a campanha e logo em seguida esquecidas quando os gestores assumem o poder.

Deixe o seu comentário