25 de junho de 2017 • 10:36 pm

Bleine Oliveira

A permanente luta contra as drogas

Mais uma iniciativa do Fórum Estadual de Combate às Drogas, o debate sobre Legalização ou não da Maconha no Brasil, teve a participação da promotora Alexandra Burlen, dos juízes Ney…

Por: Bleine Oliveira
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

Mais uma iniciativa do Fórum Estadual de Combate às Drogas, o debate sobre Legalização ou não da Maconha no Brasil, teve a participação da promotora Alexandra Burlen, dos juízes Ney Alcântara, Luana Cavalcante e Roberto Alcântara, do médico Urânio Paiva e do advogado Leonardo Moraes. Realizado numa sala do cinema do Maceió Shopping, a iniciativa ganha importância por tratar de um assunto que continua a exigir a atenção da sociedade.

Numa semana que terminou com as chocantes imagens do ator Fábio Assunção, cujo problema com as drogas é de conhecimento público,  sendo preso, completamente desnorteado, numa cidade do interior de Pernambuco, as constantes ações do Fórum são um alento na luta de conscientização sobre os males que resultam do uso de drogas.

“A prevenção, através das informações, continua sendo o meio mais eficiente para evitar o uso!” – disse a psicóloga Noélia Costa, presidente do Fórum. Ela destacou a importância do debate e da exposição, com opiniões de autoridades e formadores de opinião sobre o tema. “A exposição foi ótima. Vimos pessoas interessadas em visitar e conhecer a prevenção” – completou ela.

Quem visitou a exposição parabenizou a presidente do Fórum por mais uma iniciativa, desta vez marcando os 10 anos de atividades do FPCD. “Continuaremos trabalhando, contribuindo para aliviar o sofrimento que resulta dos efeitos maléficos do uso das substâncias psicoativas” – acrescentou Noélia Costa.

Deixe o seu comentário