28 de setembro de 2015 • 5:00 pm

Bleine Oliveira » Blogs

A redução de cargos no governo e a choradeira dos ‘aliados’

A presidente Dilma Roussef já decidiu que vai fazer a reforma ministerial, tão cobrada por seus algozes, reduzindo ministérios e cargos comissionados. O problema é que a ‘dança das cadeiras’…

Por: Bleine Oliveira
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

A presidente Dilma Roussef já decidiu que vai fazer a reforma ministerial, tão cobrada por seus algozes, reduzindo ministérios e cargos comissionados.

O problema é que a ‘dança das cadeiras’ nem começou e já mostra a verdadeira face dos críticos do governo.

Os ‘aliados’ já esperneiam, reclamando pelo que podem perder.

Os líderes do PMDB, por exemplo, não querem diminuir nem um bocadinho da gorda parte que historicamente abocanham na administração pública por todo País.

O PT, que controla o Ministério da Saúde, é outro que não quer ficar sem o quinhão que tem desde a era Lula.

Diz o governo que a redução do número de ministérios, atualmente 39 pastas, e dos cargos de confiança, vai gerar economia de R$ 200 milhões.

Para bom entendedor menos ministérios significa ‘brigas intestinas’ pelo poder.

Então, vamos ficar atentos. Quem perdeu a boquinha vai protestar!

 

Deixe o seu comentário