1 de junho de 2016 • 12:11 pm

Educação

Acordo firmado: Estado vai nomear mais 150 concursados da Educação

Nomeações serão feitas de uma só vez e dependem apenas da tramitação burocrática

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

O estado vai nomear, de imediato, 150 novos trabalhadores da Educação, aprovados no concurso de 2013. O acordo foi assinado na manhã desta quarta-feira (1), em audiência entre a Secretaria da Educação e a Defensoria Pública, mediado pelo Tribunal de Justiça de Alagoas.

Pelo acordo, as nomeações deverão ser feitas de uma só vez, e de imediato – apenas o tempo de ocorrerem os trâmites burocráticos, segundo explicou o secretário de Estado da Educação, Luciano Barbosa, durante a audiência. E caso de algum convocado não comparecer ou manifestar que não tem mais interesse na contratação, outros serão chamados, segundo a ordem de classificação, para preencher as vagas remanescentes, de forma que se mantenha o número estipulado, de 150 nomeações.

O secretário agradeceu a intervenção do TJ, que na sua avaliação foi fundamental para um desfecho satisfatório na demanda. O defensor público geral, Daniel Alcoforado, também parabenizou o presidente Washington Luiz pela mediação do conflito e destacou a importância do acordo. “As nomeações vão permitir, sem dúvida, uma melhora na prestação do serviço de educação”, disse ele.

O acordo firmado encerra o processo encampado pela Defensoria Pública, mas não impede o prosseguimento de processos individuais que tenham sido impetrados por candidatos, e que podem resultar em outras determinações judiciais para novas nomeações. Fora dessa possibilidade, a Secretaria de Educação já deixou claro que não vai mais realizar nomeações relacionadas e esse concurso de 2013.

Acordo educação

 

Deixe o seu comentário