7 de junho de 2016 • 3:34 pm

Interior » Justiça

Acusado de homicídio, vereador de Palestina vai a juri popular nesta quarta

Vereador foi processado pelo assassinato de um cidadão em Pão de Açúcar

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

O vereador do município de Palestina, Luciano Lucena de Farias, acusado de homicídio qualificado, vai a júri popular nesta quarta-feira (8), às 13h, no Fórum de Maceió. A sessão será conduzida pelo juiz John Silas da Silva, titular da 8ª Vara Criminal da Capital.

Palestina: sertão alagoano

Palestina: sertão alagoano

O crime ocorreu em 21 de junho de 2009, por volta das 20h, em um bar localizado no Povoado de Lagoa da Pedra, no município de Pão de Açúcar, interior de Alagoas. De acordo com a denúncia do Ministério Público (MP/AL), o vereador efetuou disparos contra Manoel Messias Simões, que não resistiu aos ferimentos.

Ainda segundo o MP/AL, o assassinato ocorreu porque a vítima teria chamado o réu de ladrão, alguns meses antes, durante um jogo de baralho. Em interrogatório, o acusado disse que Manoel Messias deu sinais de que iria atacá-lo e que, por esse motivo, efetuou os disparos.

Em março de 2012, o vereador foi pronunciado por homicídio qualificado. O julgamento ocorreu em junho daquele ano, na Comarca de Pão de Açúcar, sendo o réu, na ocasião, absolvido. O MP/AL, no entanto, ingressou com apelação no Tribunal de Justiça (TJ/AL) pedindo a anulação da sentença por entender que ela foi manifestamente contrária à prova dos autos.

O órgão ministerial também requereu que o julgamento fosse desaforado para Maceió, sustentando a necessidade de um corpo de jurados isento e imparcial. Em 15 de julho de 2015, a Câmara Criminal do TJ/AL deferiu o requerimento e determinou a transferência do júri para a Capital. A sessão será realizada no 2º Salão do Júri, no Fórum de Maceió, no Barro Duro.

Deixe o seu comentário