6 de novembro de 2017 • 9:57 am

Personalidades

Alagoas perde um dos seus ícones da gastronomia: morre Cláudia do Divina

Mineira, Cláudia construiu uma carreira de respeito e sucesso entre os alagoanos

Por: Da Redação
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Alagoas perde nesta segunda-feira, 06, um dos seus ícones da gastronomia. Cláudia Mortimer, 51,dona do restaurante Divina Gula morreu devido a um AVC.

Cláudia Mortimer/Foto: Nide Lins.

Ela chegou em Maceió no início dos 80 e instalou seu primeiro negócio no Stella Maris, entre o Bar do Duda e a Casa da Feijoada. Era um boteco no mais puro estilo mineiro, onde o torresmo e o caldinho de feijão e a picanha com macaxeira, regados a boa cachaça e cerveja gelada faziam a preferência da clientela boêmia que frequentava o lugar, logo batizado de “Divininha”.

O boteco virou referência de boa culinária e o sucesso se deu anos seguintes com o “Divininha” se transformando em Divina Gula, um dos principais restaurantes do Nordeste, tendo à frente Cláudia Mortimer e André Generoso, o chef. Cláudia construiu, entre os alagoanos, uma carreira de respeito e de sucesso.

A morte de Cláudia Mortimer surpreendeu o trade turístico. O velório está acontecendo na capela 1 do Parque das Flores e o enterro será realizado às 17 horas.

1 Comentário

  1. Cristina Camargo disse:

    Saber que a Cláudia não está mais conosco.
    Maceió ficou muito triste!

Deixe o seu comentário