15 de setembro de 2015 • 5:40 pm

Maceió

Almeida diz que Rui decidiu instalar palanque eleitoral e desrespeita o MP

Ex-prefeito disse que o edital de licitação de sua administração foi conduzido pela promotora Fernanda Moreira e mais um procurador do TCE.

Por: Da Redação
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone
Cicero Almeida: recursos para segurança

Cicero Almeida: briga com Rui

No meio da polêmica e já no ritmo da sucessão municipal, antes de seguir viagem à Brasília, o ex-prefeito de Maceió, Cícero Almeida, deputado federal pelo PRTB, disse ao eassim.net que o prefeito Rui Palmeira (PSDB) resolveu instalar o palanque eleitoral na cidade e acabou afrontando o Ministério Público e o Ministério Público de Contas, ao declarar que o edital da licitação dos ônibus de 2012 “foi de araque”.

Almeida disse que desde o primeiro momento entregou a formatação do edital nas mãos da promotora pública Fernanda Moreira “que ao lado de um procurador do Ministério Público de Contas conduziu o processo”. Ao tentar ironizar a questão, “o prefeito desrespeita as autoridades isentas que estiveram trabalhando nesse roteiro, que infelizmente sofreu os obstáculos que ele também enfrentou agora”.

Disse que fez uma gestão transparente e que dignificou seu mandato atuando pelos mais precisam na periferia, enquanto o prefeito de Maceió hoje “posa para as elites e brinca de administrar como uma criança mimada”.

Cícero Almeida disse que não vai polemizar com Palmeira por que seria abrir um palanque para o prefeito tentar aparecer diante da população, uma vez que até agora ele ainda não disse a que veio na administração municipal. “Não sou eu que digo. Basta andar na cidade e perguntar que a maioria sabe o que dizer da falta de competência dele”.

 

2 Comentários

  1. Maceió,7 de setembro de 2015

    Senhores(as)

    Concordo como prefeito,de que a licitação foi de araque.Cícero Almeida é semi-analfabeto.Dispensou o ex-diretor da SMCCU pelo telefone,e usava imagem de escultura em seu gabinete.Pôs o nome de Shopping Center Popular “Nossa Senhora e Fatima”,quando a Constituição Federal diz que o país é laico.
    Adriel Batista Correia de Melo

  2. Neco Ferreira disse:

    De “ARAQUE” é essa GESTÃO.

Deixe o seu comentário