14 de novembro de 2017 • 7:28 am

Saúde

Ambulatórios ficam sem funcionar: Servidores do HU declaram greve

Entre as solicitações dos trabalhadores estão a reposição e o aumento salarial de acordo com a inflação

Por: Da Redação
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Uma greve de oito dias foi estabelecida, nesta segunda-feira (13), por parte dosservidores da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), que atende o Hospital Universitário Professor Alberto Antunes, no bairro Tabuleiro do Martins, em Maceió.

Entre as solicitações dos trabalhadores estão a reposição e o aumento salarial de acordo com a inflação, a inclusão da federação Semepferh na mesa de negociação e a conclusão do acordo coletivo de trabalho que estaria em aberto desde fevereiro deste ano.

As áreas administrativas e os ambulatórios não vão funcionar por causa da greve. As UTI’s neonatal, adulto e de triagem vão permanecer com o funcionamento normal. Entretanto, para os internamentos, a ordem é de que permaneça 30% do quadro de funcionários trabalhando.

Hoje está marcada uma assembleia, a partir de 9h, onde os trabalhadores vão avaliar o andamento da greve.

Deixe o seu comentário