30 de Abril de 2015 • 5:48 pm

Cotidiano

Arapiraca: um dos maiores geradores de empregos em todo o País

O município arapiraquense é o 12º gerador de empregos do Brasil, graças a pujança do seu povo.

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

 

.Arapiraca: a maior gerada de empregos no Nordeste

.Arapiraca: a maior gerada de empregos no Nordeste

A pujança do povo arapiraquense tem dado frutos ao município como em poucos outros do País. Tanto é assim que Arapiraca tem se destacado no cenário nacional quando o assunto é geração de empregos. O município está ocupando a 12ª posição no ranking das 20 cidades que mais criaram empregos formais em 2015, com a abertura de 1.846 novos postos de trabalho e é hoje o município que mais gera emprego no Nordeste.

O grande sucesso de Arapiraca não é à toa. O crescimento do município foi acompanhado pela expansão de algumas cidades em todo o Brasil, como, por exemplo, a líder do ranking, Franca. O município paulista se destaca como o maior gerador de empregos formais do país, registrando 6.083 novos postos de trabalho.

“Este movimento expansionista destes municípios ocorre justamente após a desaceleração da economia nacional nos primeiros meses. Agora se vivencia a fase natural de recuperação inerente”, explicou o economista Thiago Queiroz.

O município de Arapiraca vem de uma crise no setor do fumo, que durante muito tempo foi o a principal atividade da economia arapiraquense. Após a crise, as políticas públicas direcionaram seus incentivos e subsídios à outras atividades, como os setores do comércio e serviço, que começaram se expandir e renderam bons resultados.

Só com a instalação de serviço do Call Center em Arapiraca, foram gerados 1.500 empregos formais só neste ano. Isto sem falar na expansão do Grupo Coringa (indústria alimentícia), crescimento imobiliário e a construção do primeiro Shopping Center do interior do estado de Alagoas.

Segundo o economista, o resultado do crescimento econômico de Arapiraca foi a união da vocação econômica do município com atrativos e incentivos fiscais.

“O crescimento econômico de Arapiraca se deve ao caráter empreendedor do município aliado às mudanças de diretrizes das políticas governamentais, injetando mais recursos e incentivos, assim como proporcionando isenções fiscais para estas atividades, em outras épocas esquecidas devido à supremacia fumageira”, analisou.

 

 

Deixe o seu comentário