5 de Janeiro de 2017 • 4:23 pm

Turismo

Argentinos vão invadir as praias alagoanas a partir de domingo

É o primeiro voo de Córdoba, Argentina, para Maceió

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Os argentinos vão invadir as praias alagoanas, a partir do próximo domingo,8. Isso por que o primeiro voo internacional vindo da cidade de Córdoba, na Argentina, aterrisa no aeroporto Zumbi dos Palmares, às  12h35. A bordo estarão 166 passageiros ansiosos para conhecerem o litoral alagoano.

O voo sai de Córdoba direto para Maceió

De acordo com dados levantados pelo Ministério do Turismo, 6,6 milhões de visitantes estrangeiros chegaram ao Brasil em 2016, o que representa um aumento de 4,8% em relação a 2015. No total, os turistas movimentaram US$ 6,2 bilhões na economia nacional, o equivalente a mais de R$ 21 bilhões. A arrecadação foi 6,2% maior que no ano anterior. A Argentina encabeçou a lista dos países que mais enviaram visitantes ao Brasil, mandando mais de 2,1 milhões de viajantes entre janeiro e dezembro.

Seguindo essa tendência, Alagoas já possui um voo semanal vindo de Buenos Aires (ARG), desde março de 2016, e tem investido no turismo internacional através de outras articulações. No ano passado, o Estado recebeu 22 mil turistas estrangeiros, sendo 15 mil somente de argentinos, principal mercado emissor internacional para Alagoas.

Visando consolidar ainda mais o mercado sul-americano, a Sedetur promoveu ainda capacitações e FamTours para agentes de viagem da América do Sul. Outra medida de destaque foi a promoção do destino em feiras internacionais, onde foram divulgados os atrativos de Alagoas e firmadas importantes parcerias.

“O continente sul-americano é um relevante mercado emissor de turistas para o Estado, representando mais de 60% dos visitantes estrangeiros que vêm para cá. É um emissor que merece uma atenção especial. Para isso, a Sedetur vem articulando capacitações, FamTours e voos extras para aquecer o mercado na alta temporada. Além disso, estamos lutando para que tais voos sejam mantidos o ano inteiro. Contamos também com o apoio da Associação Brasileira da Industria de Hotéis (ABIH-AL), que reduziu as tarifas para receber os visitantes.”, disse o superintendente de Turismo da Sedetur, Paulo Kugelmas.

 

Deixe o seu comentário