17 de junho de 2015 • 6:27 pm

Economia

Artesãs alagoanas ministram cursos para colegas da Bahia

Artesãs da Bahia conheceram a produção do APL Psicultura do delta do São Francisco.

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone
Sandálias de couro de tilápia.

Sandálias de couro de tilápia.

O artesanato alagoano é  destaque em cenário nacional. Nesta quarta-feira ,17, as artesãs atendidas pelo Arranjo Produtivo Local (APL) Piscicultura no Delta do São Francisco ministraram um curso de produção do artesanato em couro de peixes, capacitando 34 profissionais do Estado da Bahia para o desenvolvimento da técnica. O curso foi realizado na sede da Associação dos Artesãos em Couro de Tilápia, no município de Piranhas.

Já consolidado na região, o artesanato que utiliza como matéria-prima o couro de tilápia tem resultado na confecção de bolsas, sapatos, cintos e tiaras artesanais, destacando o potencial produtivo e a identidade regional concedida às peças.

Para o gestor do Arranjo Piscicultura, Miguel Alencar, o curso representa o reconhecimento nacional do trabalho das artesãs locais.

“A vinda dessas profissionais da Bahia demonstra o quão reconhecido é nosso trabalho, destacando o interesse nacional em conhecer e repercutir as técnicas do artesanato alagoano. Além disso, ocasiões como essa funcionam como uma oportunidade de aperfeiçoamento da confecção das peças”, afirma Miguel Alencar.

O APL Piscicultura no Delta do São Francisco é coordenado pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), em parceria com o Sebrae, e tem como objetivo consolidar a piscicultura em Alagoas através da produção sustentável e da captação de novos mercados.

 

Deixe o seu comentário