7 de novembro de 2017 • 8:02 pm

Blogs » Marcelo Firmino

Árthur Lira exige que Temer afaste de imediato o PSDB do governo

O deputado alagoano exige os cargos do PSDB para os partidos do Centrão ou param as votações na Câmara

Por: Marcelo Firmino
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

O deputado federal Arthur Lira, líder do PP, na Câmara dos Deputados, mandou um recado grosso nesta terça-feira, 7, para o presidente Michel Temer (PMDB). “Ou faz uma reforma ministerial e tira o PSDB do governo ou não se vota mais nada aqui”, disse.

Lira, também falando em nome do Centrão, quer que Temer despache todos os ministros do PSDB do governo e distribua os cargos com os partidos do Centrão.

Lira: ou dá ou desce.

A confusão, portanto, se instalou dentro da base aliada de Temer.

O PSDB tem no governo os ministérios da Cidade, Secretaria de Governo, Relações Exteriores e Direitos Humanos. Este último comandado pela Ministra Luislinda Valois, a que disse que pratica trabalho escravo com o “irrisório” salário de R$ 37 mil.

Por sua vez, o PSDB enfrenta o racha dentro de seu próprio partido. Uma ala, liderada pelo ex-Presidente da República, Fernando Henrique Cardoso, que sair o quanto antes do governo, enquanto a ala  liderada pelo senador Aécio Neves fica o pé e dize “daqui não saio, daqui ninguém me tira”.

Temer, portanto, muito trabalho pela frente com os avalistas do seu governo na Câmara. A fatura está sendo cobrada e agora, mais do que nunca, ele tem pagar para poder “governar”.

 

Deixe o seu comentário