13 de novembro de 2015 • 1:13 pm

Entretenimento

ATA estreia A Princesinha Mimada e o Dragão Malvado, no Teatro Deodoro

Montagem faz parte das comemorações dos 60 anos da Associação Teatral de Alagoas

Por: Fátima Almeida
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

60 ANOS cartaz extreia princesaMovida pelo amor à arte cênica, a Associação Teatral de Alagoas (ATA) completou 60 anos de atividades em outubro. Uma história repleta de acontecimentos e algumas façanhas contrárias a todas as adversidades, citadas, pelo próprio grupo: como a manutenção em atividade, da arte do teatro em Alagoas, durante a Ditadura Militar; a realização, no estado, da “residência artística” precursora e de caráter profissionalizante e interestadual (Alagoas-Pernambuco); e a criação e circulação da Revista Kaititú com o propósito de consolidar a disseminação do seu ideário artístico.

Em sua história, a ATA retém, também o mérito de ter sido o único grupo de Alagoas a participar do I Festival Nacional de Teatro de Amadores, além de sucessivas participações em eventos nacionais de teatro, como o festival Nortista; a Semana de Teatro de João Pessoa e Campina Grande; Festival de Teatro da Universidade Católica de Pernambuco; festivais de Teatro do Cabo, Caruarú, e Guaramiranga; e Festival de Arte de São Cristovão, conquistando prêmios em diversas categorias.

Para comemorar 60º aniversário, a ATA  vem realizando, desde outubro, uma série de atividades, entre as quais, o lançamento, no último dia 31, do regulamento do 5º Concurso de Peças Teatrais e a montagem do musical infantil ‘A Princesinha Mimada e o Dragão Malvado’, de Lauro Gomes e Macleim, cuja estreia acontece nesta sexta-feira (13), às 19h30, no Teatro Deodoro.

Sinopse

(distribuída pela produção)

É uma história de conto de fadas contada em pouco mais de uma hora, através de belo texto, música, coreografias e interpretação teatral. Era uma vez uma voluntariosa princesinha, criada com todos os gostos atendidos, que resolve sair do castelo para consultar ciganos a respeito do seu futuro. Uma cigana lhe diz que casará com um príncipe bonito, forte e corajoso. O rei fica sabendo que a princesinha mais uma vez lhe desobedeceu saindo de casa sem consentimento; por isto resolve providenciar um casamento para ela e convoca como candidatos os príncipes interessados.
Surgem dois candidatos. O primeiro, não atende às exigências da princesinha que lhe incumbe de matar o dragão, mas ele, que é um príncipe medroso, foge amedrontado. O segundo apresenta todas as qualidades mas, embora apaixonado, desiste de casar com uma princesa tão voluntariosa e mimada. A princesinha se apaixona e pede ao pai que traga o príncipe de volta, reconhece as falhas que possui e se arrepende prometendo mudar.

Elenco:
Monique Dantas ……….Princesinha Brunilda
Rejane Lins……………….Baronesa
Lindianne Heliomarie..Cigana e Rainha Ofélia
André Lins…………………Astrólogo e Príncipe Jasão
Wellingthon Lira………..Mensageiro e Príncipe Felipe
Ronaldo de Andrade…..Rei Alfredo
Alisson Lucena…………..Músico/Narrador

Técnicos:
Cenografia, Figurino, Adereços, Projeto Gráfico……Agélio Novaes
Execução de Cenografia……………………………………..Almir Serralheiro – Ana Melo
Execução de Material de Cena…………………………….Agélio Novaes – João Maria
Execução de Figurino…………………………………………José Roberto Gomez
Execução de Aderêços………………………………………..Agélio Novaes – Geusa Correia – Paulo Irapuan – José Roberto Gomez
Contra Regra…………………………………………………….Rivaldo Lisboa – Paulo Irapuan
Música …………………………………………………………….Macleim
Produção Musical……………………………………………..Félix Baigon
Direção Vocal dos Atores e Atrizes………………………Maestro Luis Martins
Instrumentistas…………………………………………………Félix Baigon – Macleim – Luis Martins – Willbert Fialho – Wellington Pinheiro.
Sonoplastia……………………………………………………….Leonardo Tomé
Lindianne Heliomarie………………………………………..Projeto de Luz
Iluminação……………………………………………………….Jefferson Ataíde
Preparação Vocal………………………………………………Gabriela Sóstenes
Assistência de Direção……………………………………….Rivaldo Lisboa
Comissão Gestora NTI……………………………………….Fabiano Alves – Lindianne Heliomarie – Monique Dantas – Rejane Lins
Coordenação Geral…………………………………………….Ronaldo de Andrade

Apoios:
Universidade Federal de Alagoas – UFAL (Curso de Teatro: Licenciatura; Espaço Cultural Prof. Salomão de Barros Lima); Governo do Estado de Alagoas – (Diretoria dos Teatros de Alagoas – DITEAL e Instituto Zumbi dos Palmares – IZP); Stúdio Concha Acústica; Aqui Acolá Lugares e Pessoas

Deixe o seu comentário