10 de dezembro de 2017 • 10:20 am

Mundo » Tecnologia

Automação vai eliminar 800 milhões de empregos no mundo até 2030

Entre as atividades mais prejudicadas estão os operadores de máquinas e os funcionários de redes de fast food

Por: Da Redação
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Um relatório publicado pela  consultoria McKinsey Global Institute, no jornal argentino El País, diz que entre 400 e 800 milhões de pessoas em todo o mundo serão afetadas pela automatização e terão de encontrar uma nova ocupação até 2030.

Na matéria assinada pelo repórter Ricardo Della Coletta há informação de que o impacto das novas tecnologias na vida dos trabalhadores será sentido sobretudo nas economias mais desenvolvidas.

O avanço da robótica

Os efeitos do fenômeno calculados pela consultoria variam segundo a projeção que se leve em consideração: se a automatização das economias avança a um ritmo intenso ou gradual.

Segundo os dados,  as mudanças tecnológicas atingirão com mais força os trabalhadores com menos estudo. As pessoas com formação universitária e pós-graduação serão menos afetadas.

Entre as atividades mais prejudicadas destacadas pela consultoria estão os operadores de máquinas e os funcionários de redes de fast food, além de trabalhadores que fazem coleta e processamento de dados.

A consultoria destaca que os países têm de encontrar formas de realocar os trabalhadores substituídos pela automatização. “Nos cenários em que alguns dos substituídos levam anos para encontrar um novo trabalho, o desemprego cresce em curto e médio prazo. Em longo prazo, se reduz o desemprego e o mercado de trabalho se ajusta, mas com um crescimento menor dos salários”, afirmam.

Diz ainda que as ocupações que exigem alto nível de especialização ou uma alta exigência de interação social e emocional serão menos suscetíveis à automatização até 2030”, dizem.

 

Deixe o seu comentário