1 de outubro de 2016 • 2:50 pm

Esportes

Azulão pronto para ser campeão em Volta Redonda hoje à noite

CSA será campeão em um empate com gols, mas time quer a vitória.

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

Volta Redonda ou CSA? Qual time conquistará o maior feito de sua história neste sábado, a partir das 21h, quando o Voltaço e o Azulão farão, no Raulino Oliveira, o segundo duelo da final da Série D do Campeonato Brasileiro – houve empate sem gols no primeiro jogo.

Após o zero a zero no Trapichão, quem vencer na Cidade do Aço será o campeão. Empate com gols garante o título para o CSA, já que gol na casa do adversário segue sendo critério de desempate na decisão, e um novo 0 a 0 garante pênaltis.

Azulinos: o sonho do titulo.

Azulinos: o sonho do titulo.

O Volta Redonda possui como maiores feitos os títulos da Taça Guanabara do Carioca de 2005, quando foi vice campeão estadual, e o da Taça Rio deste ano.

E a campanha do Volta Redonda na Quarta Divisão é irretocável. São nove vitórias e seis empates em 15 jogos. O título, se for conquistado, será de forma invicta.

– Enfrentamos uma pressão muito grande lá em Maceió, mas conseguimos voltar com um bom resultado. Agora, estamos a uma vitória de coroar essa campanha espetacular. Sabemos que será uma partida muito difícil, mas vamos jogar em casa e temos que impor o nosso ritmo, sempre com muita inteligência – disse Felipe Surian, técnico do Volta Redonda.

O CSA tem um histórico superior de títulos. Embora não leve o Estadual desde 2008, é, com 37 títulos, o maior vencedor em Alagoas. O Azulão ainda ostenta três vices da Série B: em 1980, quando foi à Série A de 81, e nos anos de 82 e 83, quando apenas o campeão subia. E ainda há o vice da Copa Conmebol de 1999, quando o torneio já não tinha o mesmo peso de outrora.

– A confiança é a mesma, a responsabilidade é a mesma, só mudou o campo. Acreditamos muito e vamos fazer o jogo das nossas vidas contra o Volta Redonda. Temos uma equilibrada e estamos aqui por merecimento – garantiu Oliveira Canindé, o técnico do CSA.

*Com Terra Brasil

Deixe o seu comentário


Publicidade