29 de outubro de 2016 • 9:43 am

Cotidiano

Bloco parlamentar quer acelerar votação da PEC da vaquejada

A ideia do bloco é mobilizar todos os setores para votar a PEC antes do recesso de fim de ano

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

Uma articulação de deputados e senadores nordestinos se fortalece para assegurar a votação de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que regulamenta a prática da vaquejada no País, como atividade “cultural e esportiva”. A ideia do bloco parlamentar é acelerar a votação da PEC da Vaquejada antes do recesso do fim de ano.

A pressão pela vaquejada.

A pressão pela vaquejada.

A PEC foi proposta pelo senador Otto Alencar (PSD/BA). Ela altera a Constituição Federal para estabelecer que não se consideram cruéis as manifestações culturais definidas na Constituição e registradas como bem de natureza imaterial integrante do patrimônio cultural brasileiro, desde que regulamentadas em lei específica que assegure o bem-estar dos animais envolvidos.

A Associação Brasileira de Vaquejada (Abvaq) pretende intensificar as mobilizações a favor em todo o País, principalmente no Planalto, onde os líderes já planejam acampamentos na Esplanada dos Ministérios, para só saírem de lá com a PEC aprovada.

Na última semana a associação realizou uma ampla manifestação em Brasília e considerou  que as mobilizações em defesa da prática superaram as expectativas.

A entidade também vai propor os apoiadores da vaquejada e vaqueiros nordestinos novas manifestações nas capitais brasileiras para ampliar o nível de adesão a PEC da vaquejada.

 

Deixe o seu comentário