30 de junho de 2016 • 8:35 pm

Economia

Bolsa Família vai injetar R$ 80 milhões mensais na economia alagoana

População que pediu o impeachment de Dilma queria o fim do programa. Temer manteve ainda reajustou os valores em 12,5%

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

O Bolsa Família vai gerar um aumento de aproximadamente R$ 14 milhões nos repasses mensais do programa para Alagoas. Se já representava  o maior investimento da economia alagoana, agora muito mais, quando  fará circular no mercado alagoano mensalmente R$ 80 milhões já partir de julho.bolsa-família-2016

Curiosamente, uma grande parcela da população que foi às ruas pedi ro impeachment da presidente Dilma Rousseff se manifestava contra o Bolsa Familia, ao ponto de tratar os beneficiados como “vagabundos”. Pediam o fim do programa Agora o governo Temer não só manteve como ainda reajustou  os valores pagos em 12,5%. Os manifestantes de ontem silenciaram hoje.

O impacto do reajuste foi anunciado pelo secretário de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social, Antônio Pinaud, nesta quinta-feira (30), durante a solenidade de assinatura da ordem de serviço para melhorias estruturais na Grota do Arroz, no bairro de Cruz das Almas, em Maceió, dentro do programa Pequenas Obras, Grandes Mudanças.

Segundo o secretário Antônio Pinaud, 397.432 famílias alagoanas serão beneficiadas com o reajuste. “Nós tivemos um repasse em junho de quase R$ 66,8 milhões. Com o aumento, teremos um repasse mensal de, aproximadamente, R$ 80 milhões já no próximo mês. O valor para a linha de extrema pobreza era de R$ 77 e vai passar para R$ 85. Para a linha de pobreza, o benefício vai passar de R$ 154 para R$ 170. Esse é um incremento muito significativo para milhares de famílias em todo o Estado”, disse Antônio Pinaud.

 

 

Deixe o seu comentário