9 de Janeiro de 2018 • 7:00 am

Esportes

Brasil domina topo de transações

Neymar (PSG), Coutinho (Barcelona), Alisson (Roma) e Casemiro (Real Madrid) são presenças certas no elenco que defenderá o Brasil na Copa do Mundo

Por: Da Redação
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

A concretização da venda do meia Philippe Coutinho no sábado (6), do Liverpool para o Barcelona por 160 milhões de euros (R$ 621 milhões), a segunda mais cara da história, consolida uma geração de jogadores brasileiros que hoje soma aproximadamente R$ 2,2 bilhões em transferências.

Em comum, todos nasceram em 1992 e foram contemporâneos nas categorias de base da seleção.

Além do novo reforço do clube catalão, fazem parte desse grupo Neymar (PSG), Alisson (Roma), Casemiro (Real Madrid), Lucas (PSG), Fernando (Spartak Moscou) e Dudu (Palmeiras).

Eles jogaram juntos na base e chegaram ao time principal da seleção. Desses, quatro devem disputar a Copa do Mundo-2018.

Todos têm um histórico semelhante na carreira. Em média, saíram do Brasil para atuar na Europa com 20 anos e já realizaram duas transferências milionárias na carreira profissional. Coutinho foi o mais precoce quando eixou o Vasco da Gama aos 18, rumo à Internazionale, da Itália.

Copa da Rússia

Da geração de jogadores que colocaram o Brasil no topo das transações do futebol, Neymar (PSG), Coutinho (Barcelona), Alisson (Roma) e Casemiro (Real Madrid) são presenças certas no elenco que defenderá o Brasil na Copa do Mundo da Rússia, que será realizada entre 14 de junho e 15 de julho.

O atacante Neymar e o goleiro Alisson têm o status de intocáveis na formação ideal do técnico Tite. Já o meia-atacante Coutinho e o volante Casemiro têm as sombras de William (Chelsea) e Fernandinho (Manchester City), respectivamente, mas no momento estão à frente deles.

Deixe o seu comentário