11 de junho de 2015 • 11:06 am

Esportes

Brasil vence Uruguai nos pênaltis e está nas quartas de final do Mundial Sub-20

Poderia ter sido com menos emoções. Depois de 120 minutos jogando melhor e perdendo muitos gols, o Brasil teve que superar o Uruguai nos pênaltis para conseguir sua classificação para…

Por: Roberto Boroni
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone
oglobocom

Brasil foi perfeito nos pênaltis e agora vai encarar Portugal (Foto: oglobo.globo.com)

Poderia ter sido com menos emoções. Depois de 120 minutos jogando melhor e perdendo muitos gols, o Brasil teve que superar o Uruguai nos pênaltis para conseguir sua classificação para a fase de quartas de final da Copa do Mundo Sub-20.

Depois de passar pela primeira fase sem sofrer muito, onde obteve três vitória, o Brasil sabia que teria uma adversário bem complicado nas oitavas de final. Os uruguaios além da qualidade técnica e raça que possuem, vinham com o retrospecto de não ter perdido para os brasileiros este ano, onde se enfrentaram duas vezes no início do ano e obtiveram uma vitória e um empate.

Cientes das dificuldades que teriam, os garotos brasileiros entraram concentrados e tomaram conto do jogo desde dos primeiros minutos. Como em todo confronto contra os uruguaios, o jogo teve momentos de tensão e muito faltoso, com os atletas dos dois times nervosos e cometendo muitas faltas. Entre botinadas e algumas boas jogadas ofensivas, o Brasil foi melhor e poderia ter saído para o intervalo na vantagem.

No início do segundo tempo os brasileiros deixaram o nervosismo de lado, passaram a jogar bola e foram acumlando uma chance após a outra. Em menos de vinte minutos o Brasil teve cinco grande chances de gol, com direito a bola na trava e gol perdido na pequena área, ambas oportunidades com o volante Danilo.

O domínio brasileiro caiu um pouco depois que o atacante Judivan, que era o melhor jogador em campo, sofreu uma entrada criminosa do zagueiro Lemos e deixou o campo machucado. Jean Carlos, atacante do Real Madrid, foi o escolhido para entrar no jogo, mas por ter menos mobilidade não deu o mesmo ritmo ao ataque e o Uruguai cresceu no jogo e quase vence a partida nos minutos finais.

Para a prorrogação o técnico Rogéro Micale colocou em campo um dos destaques do Brasil na competição, o meia do Manchester United Andreas Pereira. A mudança surtiu efeito e o time brasileiro continuo criando ótimas chances de marcar, mas continuava pecando na finalização. O jogo chegou ao final com o Brasil tendo quase o triplo de finalizações que o Uruguai, mas a falta de pontaria levou a decisão da vaga para os pênaltis.

Se com a bola rolando o Brasil errou demais, nas cobranças de penalidades o time foi perfeito e conseguiu com justiça sua classificação ao vencer nos pênaltis por 5 a 4. A Seleção Brasileira volta a campo no próximo sábado (13), às 22h de Brasília, para enfrentar Portugal pelas quartas de final.

 

 

Deixe o seu comentário