12 de maio de 2015 • 6:50 pm

Política

Briga de Marta Suplicy com PT pode custar o mandato dela

Partido requer o mandato senadora e diz que ela agiu por interesses pessoais, conveniências e oportunismo eleitoral.

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page
Marta: mandato ameaçado.

Marta: mandato ameaçado.

A briga entre a senadora Marta Suplicy e o Partido dos Trabalhadores pode custar exatamente o mandato dela. Depois de romper com o PT, a senadora anunciou a filiação em uma outra legenda, já tendo escolhido o PSB como sua nova casa partidária. Ela se desfiliou da antiga do mundo petista há um mês. Mas, uma vez no espaço socialista Marta será candidata a Prefeitura de São Paulo em 2016.

O problema é que a senadora não terá vida boa nessa transição. Difícil, portanto, será relaxar e gozar. Isso por que a direção estadual do PT, em São Paulo decidiu entrar com uma ação no Tribunal Superior Eleitor para requerer o mandato de Marta.

Na petição, o PT argumenta que Marta Suplicy agiu por interesses pessoais, conveniências e oportunismo eleitoral. Disse ainda que o partido nunca cerceou as atividades partidária nem parlamentares da senadora, que tem agendado para junho o prazo de filiação no Partido Socialista Brasileiro.

Em sua defesa, Marta diz que saiu do PT por que a legenda tem sido protagonista de um dos maiores escândalos de corrupção no País.

Deixe o seu comentário