7 de Maio de 2015 • 9:55 am

Brasil

Câmara aprova primeiro texto do ajuste fiscal proposto por Levi

A matéria é considerada um importante texto do ajuste fiscal proposto pelo ministro.

Por: Da Redação
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone
Levi: vitória na Câmara

Levi: vitória na Câmara

Brasil – O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, amanheceu esta quinta-feira, 08, sorrindo um pouco mais em função dos resultados do trabalho de ontem na Câmara Federal. Isso por que os deputados aprovaram a Medida Provisória que torna mais rigoroso o acesso a direitos trabalhistas ao alterar regras de concessão de benefícios como seguro-desemprego. A matéria é considerada um importante texto do ajuste fiscal proposto pelo ministro.

Os deputados da base aliada viram a vitória na Câmara como uma importante sinalização do trabalho do vice-presidente, Michel Temer (PMDB), que tem feito a articulação política do governo, apesar de ter contra si toda a revolta do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), que já tornou explícito seu rompimento com a presidente Dilma Rousseff (PT).

A matéria, que compõe o conjunto de ações de ajuste fiscal do governo, passou por margem apertada de votos: 252 votos a 227. A sessão foi marcada por protestos de sindicalistas e bate-boca entre deputados. Os parlamentares ainda vão examinar destaques que podem alterar a redação aprovada.

Depois da votação na Câmara, a Medida Provisória vai ser encaminhada para a análise dos senadores, onde também receberá o voto de cada um deles. Lá, a votação será conduzida por Calheiros.

 

Deixe o seu comentário