27 de março de 2015 • 8:29 am

Cotidiano

Câmara de Maceió debate presença de tubarões na costa alagoana

Tudo que o trade turístico e sobretudo os empresários do setor hoteleiro do Estado não queriam começou a entrar em debate na Câmara Municipal de Maceió. Exatamente o aparecimento de…

Por: Marcelo Firmino
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

Tudo que o trade turístico e sobretudo os empresários do setor hoteleiro do Estado não queriam começou a entrar em debate na Câmara Municipal de Maceió. Exatamente o aparecimento de tubarões na costa alagoana. A preocupação foi levantada pelo vereador Silvio Camelo (PV), que chamou a atenção dos órgãos do meio ambiente do Estado com o objetivo de estabelecer mecanismos de prevenção e proteção dos banhistas.

Para o vereador é fundamental que os técnicos e especialistas da área façam um estudo dos fenômenos marinhos na costa alagoana para se saber a razão do aparecimento dos tubarões. “A gente vem notando há alguns meses o surgimento dessas espécies bem próximo a nossa Costa, o que não é normal e isso requer providências e ação dos gestores antes que comecem a aparecer vítimas nas praias alagoanas”, disse.

Na condição de membro da Comissão de Meio Ambiente da Câmara Municipal de Maceió, o vereador do Partido Verde lembrou que recentemente a imprensa local noticiou a captura de um tubarão de aproximadamente a dois metros na Lagoa Manguaba, em Marechal Deodoro, e na praia de Ponta Verde, área turística e de grande fluxo de banhistas.

Camelo ressaltou que isso não é um fato natural e que deve ser encarado com preocupação por parte das autoridades ambientais. Segundo ele, todo cuidado é necessário para que as praias de Maceió não se tornem uma Boa Viagem recifense, praia da capital pernambucana que virou o paraíso dos tubarões.

 

Deixe o seu comentário