29 de dezembro de 2016 • 8:22 am

Economia

Camila: a nova esperança da bacia leiteira alagoana

Fábrica deverá produzir 180 mil litros de leite por dia

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

A reabertura da Fábrica de Leite Camila, em Batalha, pode se constituir no grande feito do governo Renan Filho neste 2016, em função  do papel social que o empreendimento poderá cumprir na  economia alagoana.

Camila: reabertura em 2017.

Além de gerar postos de trabalho, a fábrica também estará situada dentro da cadeia de revitalização da bacia leiteira alagoana, realimentando o sonho de produção de micros, pequenos e grandes produtores de leite do Estado.

A reabertura da fábrica foi anunciada pelo governador Renan Filho nesta quarta-feira, 28, como uma conquista importante para o Estado, que receberá apoio de R$ 30 milhões do governo federal para o projeto, devendo a fazenda estadual arcar com uma contrapartida de R$ 8 milhões.

 

O feito foi comemorado pelo presidente da Cooperativa dos Produtores de Leite de Alagoas, Aldemar Monteiro. Principalmente por que os equipamentos da nova Camila já estão no município de Batalha.

A expectativa agora é que o novo parque industrial absorva de imediato 300 empregos diretos e produza 180 mil litros de leite por dia, a partir de 2017. A Camila está fechada desde 2008.

 

Deixe o seu comentário