27 de agosto de 2016 • 12:54 pm

Maceió

Caminhada de Rui com cabo eleitoral armado gera denúncia no MPF

A denúncia foi feita pelo também candidato a prefeito de Maceió, Paulão (PT)

Por: Da Redação
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

O candidato a prefeito Paulão (PT) ingressou no final da tarde desta sexta-feira (26) com denúncia no Ministério Público (MP) Federal contra o atual prefeito de Maceió e candidato à reeleição Rui Palmeira (PSDB). O motivo da ação é uma caminhada realizada esta semana pelo tucano nos conjuntos Selma Bandeira e Conjunto Luiz Pedro III, com o ex-vereador Luiz Pedro – condenado a 26 anos de prisão – e na ocasião, Rui foi flagrado ao lado de cabos eleitorais que portavam armas de fogo na cintura.

Segundo o advogado do PT, Igor Olegário, Paulão pede investigação da conduta do candidato do PSDB, que permitiu seus apoiadores desfilarem com armas de fogo, o que caracteriza em tese crime elencado no artigo 301 do Código Eleitoral: “usar de violência ou grave ameaça para coagir alguém a votar, ou não votar, em determinado candidato ou partido, ainda que os fins visados não sejam conseguidos”. A pena prevista para tal crime é reclusão de até quatro anos e pagamento de multa.

Armas pra que te quero na periferia

A caminhada. Luiz Pedro (de branco) e homem de azul (armado) com Rui e o vice Palmeira

Cabe à Procuradoria Regional Eleitoral investigar a existência de crime, bem como ajuizar o competente processo para, se comprovado o crime, aplicar a punição ao candidato e seu vice”, disse o advogado.

Conforme Paulão, o MP deve se pronunciar rapidamente sobre o caso, a fim de evitar intimidações e violência na campanha eleitoral. “O atual prefeito não pode ser conivente com essa situação. A omissão é o pior dos mundos. Isso é um mau exemplo para a democracia e um estímulo à criminalidade, numa capital que é destaque nacional e internacional no ranking da violência”, afirmou o petista.

Deixe o seu comentário