11 de maio de 2015 • 5:26 pm

Cotidiano

Seminário do Cedeca debate medidas socioeducativas

A a importância da participação da família no acompanhamento das medidas socioeducativas será um dos temas do debate.

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page
Em defesa da criança

Em defesa da criança

O Centro de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Cedeca/Zumbi dos Palmares) realiza nesta terça-feira, 12, um seminário sobre  medidas socioeducativas .”A efetividade no cumprimento das medidas socioeducativas em Alagoas” é tema principal de seminário do evento que acontece das 8 às 17 horas, no auditório do Maceió Mar Hotel.

Autoridades, técnicos e familiares de adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas, além de representantes de entidades e instituições da sociedade civil alagoana. representam o público alvo do seminário, cuja programação conta com um painel específico sobre “a importância da participação da família no acompanhamento das medidas socioeducativas”.
O seminário ainda divulgará os dados de uma pesquisa que trata do perfil socioeconômico dos adolescentes em cumprimento dessas medidas no Estado de Alagoas. Soma-se a isso a apresentação do Projeto de Defesa Jurídico Social de Adolescentes, que está sendo executando desde junho de 2014, com patrocínio da Petrobras, segundo disse a  coordenadora do projeto, a socióloga Graça Bezerra.
O Projeto de Defesa Jurídico-Social de Adolescentes em cumprimento de Medidas Socioeducativas tem por objetivo a defesa dos direitos humanos de adolescentes alagoanos submetidos à internação provisória bem como, o fortalecimento dos laços desses adolescentes com a sociedade. Prevê ainda a realização de pesquisa documental e de campo nos registros de ocorrência dos órgãos que compõem o sistema de garantia de direitos e seminário para divulgação dos resultados do projeto como um todo.
Cedeca – Filiado à Associação Nacional dos Centros de Defesa de Direitos de Criança e Adolescente (Anced), o Cedeca/Alagoas é uma entidade civil, sem fins lucrativos, criada em 1992 como um instrumento de garantia dos direitos assegurados no Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei 8069/90/ECA).

Deixe o seu comentário