3 de Fevereiro de 2018 • 8:00 am

Esportes

Chapecoense pede exclusão do Nacional-URU da Libertadores

Torcedor uruguaio ironizou a tragédia ocorrida com o avião da equipe no fim de 2016

Por: Da Redação
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

A Chapecoense resolveu tomar uma atitude contra o torcedor que ironizou a tragédia ocorrida com o avião da equipe no fim de 2016.

Na tarde desta sexta-feira, o clube decidiu entrar com uma representação na Conmebol contra o Nacional-URU. No documento, os catarinenses pedem a exclusão do time uruguaio da Copa Libertadores.

A Chapecoense exige um julgamento antes do jogo da volta, marcado para o dia 7, em Montevidéu.

Na partida em que o torcedor cometeu o ato hostil de ironizar as 71 vítimas do acidente aéreo de 2016, o Nacional levou a melhor no gramado ao bater os catarinenses por 1 a 0. Basta um empate para os uruguaios avançarem de fase na Libertadores.

Outro lado

Enquanto a Chapecoense adotou uma postura ofensiva nesta questão, pedindo a exclusão dos uruguaios, o Nacional tomou atitudes para amenizar uma possível punição da Conmebol. O clube decidiu expulsar o torcedor que imitou a queda de um avião e se disse “envergonhado” com o ato.

Deixe o seu comentário