23 de abril de 2015 • 8:32 pm

Cotidiano

Chesf é multada em R$ 650 mil por mancha no São Francisco

O diretor do IMA, Ermi Ferrari, garante evidências que indicam o esvaziamento de um reservatório da Usina de Paulo Afonso

Por: Vinicius Firmino
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page
Nove municípios ficaram sem água por causa dos 34 quilômetros da mancha. (Crédito: Cortesia/João Neto)

Nove municípios ficaram sem água por causa dos 34 quilômetros da mancha. (Crédito: Cortesia/João Neto)

Numa coletiva de imprensa, realizada na tarde desta quinta-feira (23), pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do São Franscisco, foi informado que a Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf) pagará uma multa de R$ 650 mil pelos 34 quilômetros da mancha negra.

O diretor de Monitoramento e Fiscalização do IMA, Ermi Ferrari, garante evidências que indicam o esvaziamento de um reservatório da Usina de Paulo Afonso, feito pela Chesf com autorização do Ibama de Pernambuco. Isso seria a única operação que poderia ter causado um problema naquela proporção.

Segundo informações do fax circular (026/2105), do dia 22, emitido pela Chesf, o Ibama emitiu a autorização especial nº 05/2015 para a realização de testes para redução do atual 1000m³/s para 900m³/s, com a concordância da Agência Nacional  de Águas (ANA), expressa no ofício nº 164/2015.

Durante oito dias, nove municípios da região ficaram com o abastecimento de água interrompido.

Além dos representantes do CBHSF, IMA, Ibama e Casal, a reunião contou ainda com os Ministérios Públicos Federal e Estadual.

Deixe o seu comentário