10 de setembro de 2016 • 12:19 pm

Maceió

Ciclistas querem compromisso de candidatos com a inclusão de ciclovias nas políticas públicas

Movimento visita a Câmara Municipal nesta quinta-feira (15) e vai cobrar de vereadores e candidatos assinatura de carta em defesa da mobilidade por meio de bicicletas

Por: Fátima Almeida
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page
Orla é um dos poucos locais onde há ciclovias. Foto: Divulgação

Orla é um dos poucos locais onde há ciclovias. Foto: Divulgação

Maceió tem apenas 41 quilômetros de ciclovias. Precisaria de 200 quilômetros. Com dados sobre essa realidade em mãos, a Associação dos Ciclistas Urbanos de Maceió (Ciclomobilidade) realiza, no próximo dia 15 , uma mobilização na Câmara Municipal pela inclusão da bicicleta nas políticas públicas da cidade. Os ciclistas farão uma apresentação sobre o uso da bicicleta em Maceió, mostrando as principais dificuldades enfrentadas no dia a dia, e vão convidar candidatos a vereador a assinarem uma carta de compromissos com a mobilidade por bicicleta na cidade.

A mobilização será realizada a partir das 9h30. “Esperamos contar com a participação dos vereadores e vereadoras que estão concorrendo à reeleição, e também daqueles que pretendem entrar para a Câmara em 2017. Será um momento importante para todos os que estão em campanha mostrarem seus compromissos com a mobilidade em Maceió”, diz Juliana Agra, membro da Ciclomobilidade.
A lista de candidatos que já assinaram a carta de compromissos em Maceió pode ser encontrada no site www.ciclomobilidade.org/bicicletanaseleicoes. Candidatos a prefeito e a vereador também podem baixar as cartas e entrar em contato com a Ciclomobilidade para entregá-las assinadas, independentemente da intervenção na Câmara.
A mobilização faz parte da campanha Bicicleta nas Eleições, um movimento nacional que busca ampliar a inclusão da bicicleta nas políticas públicas a serem desenvolvidas pelos prefeitos e vereadores no mandato 2017-2020, além de qualificar o conhecimento da sociedade sobre a bicicleta como meio de transporte. A campanha é organizada pela UCB (União de Ciclistas do Brasil), com financiamento do Banco Itaú, e já conta com mais de 50 cidades participantes. Em Maceió, a Ciclomobilidade (Associação de Ciclistas Urbanos de Maceió) foi a associação escolhida para desenvolver o projeto.
Mapa cicloviário
Desde a sua criação em 2015, a Ciclomobilidade vem desenvolvendo ações para cobrar políticas públicas relacionadas à bicicleta em Maceió. No dia 29 de maio de 2016, a associação divulgou o mapa cicloviário da cidade, mostrando que, do mínimo de 200 Km de estrutura cicloviária necessários, Maceió tem apenas 41Km. Veja o mapa aqui: http://www.ciclomobilidade.org/mapacicloviariomaceio
Em fevereiro de 2016, o grupo também realizou a primeira contagem de bicicletas da Avenida Fernandes Lima. O levantamento mostrou que, diariamente, mesmo sem infraestrutura adequada, 1.156 ciclistas transitam pela avenida, das 5h às 20h. A contagem foi incluída na base de dados na revisão do Plano Diretor de Maceió. Já a segunda contagem foi feita em junho, na Avenida Menino Marcelo (antiga Expressa), onde mais de 2.500 ciclistas transitam diariamente.

Deixe o seu comentário


Publicidade