3 de outubro de 2016 • 8:01 am

Blogs » Marcelo Firmino

Com a força da grana que ergue e destrói, eis a nova Câmara de Maceió

Lobão, o produtor, é a novidade que vem lá da beira da lagoa

Por: Marcelo Firmino
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

Eleição não se ganha da noite para o dia. Eleição se planeja. A  comunicação é fundamental nesse processo. Não basta a vontade pessoal de A ou B em uma campanha, há que se ter trabalho continuado e foco no que se quer, com a boa utilização das ferramentas disponíveis. Isso, naturalmente, custa caro por que envolve profissionais multidisciplinares.

Basta olhar para a Câmara Municipal de Maceió e perceber que a figurinhas carimbadas de sempre estão lá de volta. Os que não se elegeram foram os que entraram no pleito passado e, sem a estrutura necessária, saíram de cena. Que o digam Cléber Costa, Guilherme Soares, Simone Andrade e o radialista Wilson Júnior.

O que funciona nesse processo da eleição, principalmente, proporcional? Exatamente a força da grana que “ergue e destrói coisas belas”. Destró quando falta. Por exemplo. Lobão, a novidade que vem da beira da lagoa,  tinha um potencial declarado na região do Dique Estrada, desde a eleição passada, quando não conquistou o mandato por causa da legenda. Todos viram, mas foi o deputado federal e Ministro dos Transportes, Maurício Quintella, quem o trouxe para dentro do PR, dando-lhe casa, grupo e abrigo, por assim dizer. O que era um bom potencial passou a ter uma estrutura nunca antes almejada e os resultados se maximizaram. Lobão é o vereador mais votado de Maceió, com quase 25 mil votos.

Os demais bem votados são os que usam os seus institutos, fundações, os que mandam nos postos de saúde, nos cemitérios, os síndicos e donos de conjuntos habitacionais e por aí vai. Todos que arrecadam milhões de verbas públicas, colocam dentro das institutições que dirigem e assim tocam o barco pensando na eleição seguinte. O resultado é real.

Há nomes novos.  Além de Lobão, cantado e decantado na mídia como produtor de filmes pornôs, aparece na mesmo partido dele, Ib Breda, tambem cria política de Maurício Quintella e ex-superintendente da milionária Sima no governo de Rui Palmeira. Outro nomes, Samyr Malta, Luciano Marinho, Siderlane Araújo, Francisco Salles e Zé Marcio Filho, que substituti o pai na Câmara Municipal

O que pode mudar do ponto de vista de ação efetiva e coletiva na Câmara de Maceió? A rigor, absolutamente nada. Todos vão querer participar do bolo, como é de praxe. E segue o baile.

 

Maceió Cada Vez Melhor

Lobão (PR) – 24.966 votos

Tereza Nelma (PSDB) – 14.991

Dudu Ronalsa (PSDB) – 11.623

Chico Filho (PP) – 10.845

Davi Davino (PP) – 10.746

Kelmann Vieira (PSDB) – 9.266

José Márcio (PSDB) – 8.914

Eduardo Canuto (PSDB) – 8.651

Ib Brêda (PR) – 8.382

Aparecida do Luiz Pedro (DEM) – 8.096

Fátima Santiago (PP) – 7.459

Pra Maceió Volta a Crescer I

Ronaldo Luz (PMDB) – 8.216

Silvânio Barbosa (PMDB) – 7.160

Silvânia Barbosa (PRB) – 6.870

Antônio Hollanda (PMDB) – 6.728

Galba Novais Neto (PMDB) – 6.648

Pra Maceió voltar a Crescer III

Silvio Camelo (PV) – 6.951

Luciano Marinho (PTN) – 3.663

Atitude Faz a Diferença

Francisco Sales (PPL) – 6.857

Samyr Malta (PSDC) – 4.690

Maceió Segura

Siderlane Mendonça (PEN) – 4.119

Deixe o seu comentário


Publicidade