2 de setembro de 2016 • 7:54 am

Maceió » Policia

Combate à violência: 14 mortos ‘em confronto’ em menos de uma semana

Três acusados morreram hoje na Grota São Rafael, após militar ter sido alvejado e morto na madrugada. A Grota está ocupada

Por: Da Redação
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Uma mulher está sendo ouvida pelas forças de segurança para identificar os responsáveis pela morte do sargento PM na madrugada desta sexta-feira, 02. na Grota do São Rafael. Lá, segundo a polícia, mais três suspeitos foram mortos, “em confronto”, durante invasão da grota pelas forças policiais, após a morte do sargento.

Maceió, 02 de Setembro 2016 PM ocupa Grota do Rafael, assasinato do PM e tres acusado de matar o PM. Foto : Dárcio Monteiro

Maceió, 02 de Setembro 2016
PM ocupa Grota do Rafael, assasinato do PM e tres acusado de matar o PM.
Foto : Dárcio Monteiro

Somando os oito mortos da mesma maneira em Delmiro Gouveia, mais um ônibus do Jacintinho já são 12 acusados mortos “em confrontos”, com a baixa de dois militares, em menos de uma semana. Neste momento a Grota São Rafael está ocupada pela PM e as casas dos moradores estão sendo revistadas.

Tudo começou, segundo a polícia, quando quatro pessoas que estavam em atitude suspeita foram abordados por uma guarnição do Batalhão de Polícia de Eventos (BPE) e um deles atirou contra o sargento Marcos Antonio Cabral. Ele foi atingido com um tiro no pescoço, chegou a ser socorrido para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas morreu.

Os suspeitos fugiram e desceram a grota. Ai ação policial iniciou a caçada e matou três “na troca de tiros”. Apenas um rapaz  foi identificados. Carlos Machado de Lima, de 22 anos. Os outros dois mortos não tiveram suas identidades reveladas.

 

 

Deixe o seu comentário