3 de novembro de 2017 • 12:18 pm

Blogs » Pequeno Polegar

Considerado protesta no Dia de Finados contra o presente de ‘Beleboi’ para Carneirão

Essa turma do Considerado é de matar

Por: Pequeno Polegar
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Considerado foi à festa de aniversário de 70 anos do amigo “Carneirão”, no Boteco do “Pontão”, lá para as bandas do Jardim Petrópolis, exatamente no Dia de Finados. Mas saiu de lá revoltado por conta de um presente que o aniversariante recebeu.

Encontrou-me com uma cara de pesar e resmungando sem parar. Percebi que estava querendo desabafar e dei asas para que o fizesse, pois, como sempre, seria eu todos os ouvidos.

-O que houve amigo que você está aí todo nervoso, meio irritado? Indaguei. E ele com o semblante fechado fez ar de mistério, como se estivesse pensando no que dizer…

Sabia que iria falar. Precisava apenas de um pouco mais de paciência para vê-lo explodir na fala como quem toma água das primeiras chuvas de janeiro. Só que diante da demora, insisti:

-Amigo fale por que estou aqui para lhe ajudar, caso você tenha mesmo um problema.

Resmungou o quanto pode e, de olhar fixo no céu, pontuou: – Com a morte não se brinca!

Comecei a me preocupar por que, pelo dito, a história era séria. Tratei de pedir que esclarecesse logo os fatos pensando, evidentemente, em contribuir na solução de um problema que já envolvia a morte e em uma data por demais emblemática.

-Conte-me tudo Considerado, pois estou ficando preocupado…

-Nosso amigo “Beleboi” passou dos limites.

-Nosso amigo quem?

-Beleboi. É um amigo meu, do Carneirão, do Pastor, do Batoré, do Tonelada, do Lobisomem, do Bill Arapiraca, do Oio de Jeep, do Purê, do Fumacê… Da turma toda

-Sinceramente, isso é que é uma turma…

Mas, de repente ele para de falar e começa a xingar novamente o amigo “Beleboi”  por conta do tal presente que foi entregue ao outro no Dia de Finados. O cara estava indignado e deixou a entender que saiu da festa em protesto contra seu amigo de turma.

-Acontece Considerado que você xingou à vontade e eu estou sem entender nada.

-É que o Beleboi não tem consideração…

-O que ele fez?

-Cada um da turma levou um presente normal. Menos ele.

-O que você deu?

-Uma cachaça da boa…

-Grande presente…

-Foi uma cachaça cara que ele gosta.

-Sim e esse Beleboi levou o quê?

-Um carnê.

-Não entendi…

-Um carnê do Previda com 12 prestações.

-Do Previda? Aquele Plano Funerário?

-É.

Meu Deus…

-Mas só tinha uma prestação paga!

 

 

Deixe o seu comentário