8 de Janeiro de 2017 • 8:05 am

Cotidiano

Contra a intolerância: casas de matriz africana realizam atos em Maceió

Lavagem do pátio da Igreja do Bonfim, no Poço, acontece às 15h deste domingo

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

O fim de semana está sendo movimentado com manifestações da cultura afro e ações contra a intolerância às casas de matriz africana. Neste sábado, 7 de janeiro, a entidade religiosa Ilé Nife Omi Omo Posú Betá realizou o “Dia das Flores”, na praça Ganga Zumba, em Cruz das Almas, a partir das 16h. Hoje (dia 8) está programada a tradicional lavagem do pátio da Igreja do Senhor do Bonfim, a parttir das 15h, no bairro do Poço.
De acordo com os organizadores do “Dia das Flores”, a ação é uma homenagem a Ganga Zumba, “homem guerreiro e defensor da negritude” e consta da lavagem da escultura construída em homenagem a ele na praça que leva o mesmo nome.
A tradicional lavagem do pátio da Igreja Senhor do Bonfim, no Poço, que é realizada há 16 anos, deve reunir dezenas de participantes vestidos com roupas brancas, carregados com potes com água de cheiro e flores, para a limpeza do local.
Segundo a organização do evento, o cortejo deve sair da rua São João, no bairro do Jacintinho, entoando cânticos para Oxalá e portando faixas contra a intolerância religiosa. Após a lavagem, o cortejo deve seguir até a Casa de Iemanjá, no bairro Ponta da Terra.
Ainda segundo os organizadores, a manifestação religiosa deve contar com a participação efetiva de diversas casas de axé da capital e do interior, com caravanas vindas de municípios como Atalaia, Cajueiro, Marechal Deodoro e Coruripe.

Como atrações artísticas do cortejo consta a participação de diversos grupos, a exemplo do Afoxé Omin Morewá, Afoxé Ofá Omin, Grupo Ara Funfun Omangerê, Banda Afro Afoxé, Banda Afro Zumbi, Maracatu Raízes da Tradição, Coletivo Afro Caeté e o Afoxé Odô Iyá

Deixe o seu comentário