26 de junho de 2015 • 3:40 pm

Economia

Cooperativas cobram do governo RF liberação de R$ 6 milhões

O dinheiro está retido há 3 anos no Estado. As cooperativas pediram apoio do deputado Paulão para a agricultura familiar.

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page
Paulão: apoio a agricultura familiar

Paulão: apoio a agricultura familiar

Com a decisão do governo federal de investir este ano R$ 30 bilhões no Programa Nacional da Agricultura Familiar – Pronaf – representantes de cooperativas,  que atuam nesse segmento em Alagoas, da Fetag e da CUT reuniram-se nesta sexta-feira, 26, com o deputado federal Paulão discutindo formas de parcerias para uma maior participação nos recursos do programa.

Ajuste feito no Pronaf, segundo Paulão, estabelece as cooperativas como as grandes parceiras do programa. Em Alagoas existem atualmente 26 cooperativas ligadas a agricultura familiar e que estão brigando para receber R$ 6 milhões do governo Estado, dinheiro que foi repassado pelo governo federal há 3 anos, mas que está retido na conta da administração estadual sem que os cooperados saibam exatamente a razão.  Os representantes da cooperativas pediram o apoio do deputado para intermediar essa questão junto ao governador Renan Filho.

Organizados através da União Nacional das Cooperativas da Agricultura Familiar – Unicaf – os cooperados alagoanos defenderam também a necessidade de o governo de Alagoas cumprir metas do Pronaf que estabelece inclusive que o Estado deve comprar 30% da merenda escolar com os produtos das cooperativas da agricultura familiar. A questão do escoamento da produção é o principal problema que as cooperativas enfrentam na atualidade, além do crédito.

Eles defendem uma ação forte e conjunta das cooperativas junto ao governo estadual, para que o setor não tenha o mesmo sofrimento do governo passado “que virou as costas a a agricultura familiar e devolveu todos os recursos que vieram para o setor”, disse João Santos, presidente da Unicaf em Alagoas.

Já o deputado Paulão disse que será um aliado permanente das cooperativas do campo “e me disponho a atuar não apenas no âmbito do governo estadual, como também junto ao governo federal por meio do Ministério do Desenvolvimento Agrário e do Ministério do Desenvolvimento Social”.

Deixe o seu comentário