15 de agosto de 2016 • 3:06 pm

Maceió » Política

Eleições: campanha começa nesta 3ª feira em todo o País

Em Maceió, seis candidatos devem disputar a Prefeitura

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

Começa na terça-feira, 16, a campanha eleitoral para prefeito e vereador em todo o País. Em Maceió, a corrida eleitoral, na disputa pela Prefeitura da capital, vai envolver seis candidatos, no mínimo. A saber: Cícero Almeida (PMDB), JHC (PSB), Paulão (PT), Paulo Memória (PTC), Rui Palmeira (PSDB), além do candidato do Psol, Gustavo Pessoa. Pelo menos 240 candidatos estão na disputa pelas 21 vagas de vereadores da capital

Cicero Almeida: vou esclarecer

Cicero Almeida: candidato do PMDB

JHC: candidato do PSB

JHC: candidato do PSB

 

A partir desta terça-feira, ficam autorizados o uso de alto-falantes,

Rui Palmeira: candidato do PSDB

Rui Palmeira: candidato do PSDB

amplificadores de som, comício, propaganda eleitoral na internet, distribuição de material gráfico e realização de caminhada e carreata. O prazo de campanha segue até as 22 horas de 1º de outubro, véspera da votação.

Paulão: candidato do PT

Paulão: candidato do PT

Já a propaganda no rádio e TV foi encurtada de 45 dias para 35 dias. O horário político gratuito vai de 26 de agosto a 29 de setembro. Apesar do período mais curto, a campanha de RTV praticamente duplicou de tamanho, uma vez que os programas eleitorais dos candidatos majoritários acontecerão diariamente. Antes era em dias alternados.

O primeiro turno das eleições municipais de 2016, que elegerão em todo o país prefeitos e  vereadores, será realizado em 2 de outubro, primeiro domingo do mês. O segundo turno, somente em cidades com mais de 200 mil eleitores, está marcado para 30 de outubro, último domingo do mês.

Justiça eleitoral de prontidão.

Justiça eleitoral de prontidão.

As principais mudanças nas eleições de 2016 com relação às de 2014 foram determinadas pelo projeto de reforma política aprovado no Congresso em 2015 e sancionado pela então presidente Dilma Rousseff, em outubro do ano passado.

 

Deixe o seu comentário


Publicidade