1 de maio de 2016 • 8:01 pm

Esportes

CRB 2 x 0 CSA: Galo sai na vantagem na decisão do campeonato alagoano

Numa partida com muito fôlego, tensões acirradas em campo e na torcida, e muitas chances perdidas, o CRB marcou duas vezes e venceu o clássico por 2 x 0 contra o CSA.

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

CRB Douglas SilvaDeu Galo no primeiro jogo da decisão do Campeonato Alagoano, realizado neste domingo (1º), no Estádio Rei Pelé. Numa partida com muito fôlego, tensões acirradas em campo e na torcida, e muitas chances perdidas. Numa proposta de jogar no contra ataque, o CRB marcou duas vezes, com Diego e Neto Baiano, garantindo a primeira vitória no ano, por 2 a 0, contra o CSA.

Isso dá ao time uma boa vantagem contra o principal rival, no próximo jogo, que acontece no próximo domingo. O CRB pode perder com até um gol de diferença, e mesmo assim será bicampeão alagoano.

Não podendo contar com o volante Panda, machucado, o CSA teve que improvisar Didira ao lado de Jean Cleber. Em compensação, o time marujo contava com a volta do atacante e artilheiro do torneio Soares, que cumpria suspensão.

Do lado do CRB, o desfalque era o zagueiro Gabriel, que teve que cumprir suspensão pelo terceiro cartão amarelo. O polivalente Audálio compôs a dupla de zaga com Diego Jussani.

O Jogo

No geral foi um jogo equilibrado, onde o CRB foi mais competente nas chances que teve. Os times começaram o jogo se estudando muito. O CSA mostrava mais iniciativa em atacar, enquanto a filosofia de jogo do rival era mais defensiva. Na tentativa de anular o artilheiro do campeonato, Mazola deixou Olívio encarregado de marcar Soares.

Logo de saída, o Galo chegou com perigo à área azulina, com uma boa jogada de Diego. Não converteu. Minutos depois, foi a vez do CSA dar alguns sustos na torcida regatiana. Primeiro com uma jogada perigosa dentro da área, afastada pela defesa do CRB; logo em seguida, um chute de Soares, passou por cima da trave do goleiro Juliano.
O time do Mutange continuou abrindo espaços e teve outra grande chance num contra-ataque comandado por Jean Kléber. A bola chegou em Cleyton, mas ele preferiu mandar para Soares, que chutou pra fora, ao escorregar na grama molhada.

A partida seguiu movimentada, com as duas equipes medindo força em campo, de maneira equilibrada, em busca do gol. Final do primeiro tempo: CRB 0 x 0 CSA. No começo do segundo tempo, o CSA pareceu que iria inaugurar o placar. Numa falta na ponta esquerda, João Paulo tocou para Rafinha que cruzou, Leandro Souza cabeceou e o goleiro Juliano viu a bola passar na frente do gol e sair pela linha de fundo.

Mas o CRB não demorou a decidir a partida. Lúcio Maranhão recuperou uma bola afastada pela defesa do CSA, tocou para Diego, que entrou na área e bateu cruzado, sem chances para o goleiro Jefferson. Substituições dos dois lados; problema no meio campo do CRB: o capitão Olívio sentiu o tornozelo e foi substituído por Rafinha.

O segundo gol do Galo veio com a tranquilidade de quem está ganhando o jogo. Dakson aproveitou os espaços abertos na defesa do CSA, que partiu pro ataque, fez tabela com Neto Baiano, que mandou com categoria na saída do goleiro Jefferson. Aos 37 minutos do segundo tempo: CRB 2 x 0 CSA, placar que foi mantido até o final da partida.

Ficha técnica

Campeonato Alagoano 2016 – Final

Jogo: CRB 2 x 0 CSA

Gols: CRB (6-Diego aos 10′ e 20-Neto Baiano aos 37′ do 2T)

Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió/AL

Data: 01/05 (domingo)

Hora: 16h

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (FIFA/SP)

Auxiliar 1: Fabrício Vilarinho (FIFA/GO)

Auxiliar 2: Tatiane Sacilotti Camargo (FIFA/SP)

4º Árbitro: José Reinaldo Figueiredo (CBF/AL)

5º Árbitro: Brígida Cirilo Ferreira (CBF/AL)

CRB

1-Juliano

2-Bocão

3-Audálio

4-Diego Jussani

6-Diego

5-Olívio (13-Rafinha aos 27′ do 2T)

8-Somália

7-Rivaldo

10-Marcos Aurélio (16-Dakson aos 14′ do 2T)

11-Luidy

9-Lúcio Maranhão (20-Neto Baiano aos 35′ do 2T)

Técnico: Mazola Júnior

Banco CRB: 12-Júlio César, 13-Rafinha, 14-Rodrigo, 15-André Vinícius, 16-Dakson, 17-Gleidson Souza, 18-Bruno Nascimento, 19-Luiz Fernando, 20-Neto Baiano e 21-Érico Júnior.

CSA

1-Jeferson

2-Choco

3-Leandro Souza

4-Douglas Marques

6-Rafinha

5-Jean Cléber

19-Didira (13-Hudson aos 30′ do 2T)

8-Cleyton (20-Bismarck aos 18′ do 2T)

10-João Paulo (21-Kahuan aos 41′ do 2T)

7-Soares

9-Rafael Oliveira

Banco CSA: 12-Jeferson Silva, 13-Hudson, 14-Walter, 15-Xandão, 16-Bruno Santa Rosa, 17-David, 18-Escobar, 20-Bismarck, 21-Kahuan, 22-David Dener, 11-Thiago Santos.

Técnico: Oliveira Canindé

Deixe o seu comentário