29 de agosto de 2015 • 1:40 am

Esportes

CRB vence o Botafogo e enche de orgulho o coração regatiano: 2 a 1

Na heróica vitória regatiana, Somália foi o simbolo da garra.

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page
Somália: o nome do jogo

Somália: o nome do jogo

A heróica vitória do CRB na noita desta sexta-feira, 28, no Trapichão encheu de orgulho o peito de cada regatiano. Fazia tempo que a torcida não via o time jogar com tamanha garra.

Quem foi ao estádio saiu feliz da vida não apenas pela vitória de 2 a 1 contra uma equipe que está disputando a ponta da tabela, mas sobretudo por que viu um time aguerrido, lutador e que com um homem a menos conquistou o resultado que buscava. Ou seja os três pontos.

A vitória do CRB teve um simbolo. E ele atende pelo nome de Somália. O ex-atleta do Botafogo, que hoje veste a camisa do Regatas, lembrou os velhos tempos em que o CRB tinha os atletas de casa que honravam a camisa que vestia. Somália foi um desses guerreiros.

Tanto é assim que a torcida gritou “time de guerreiros”, em momentos de êxtase. A felicidade transcendeu os quatro cantos do Rei Pelé e ganhou as ruas do Trapiche da Barra, com os os alvirubros orgulhos e encantados com a partida que assistiram.

Eles descobriram que o Botafogo de Futebol e Regatas não é o bicho papão que alguém pensou que fosse. Não. O galo foi melhor. Venceu e convenceu, apesar de ter ficado em desvantagem no segundo tempo com a expulsão do volante Glaydson.

O CRB fez 2 a zero no primeiro tempo e o Botafogo descontou na mesma etapa. O primeiro gol do galo foi de pênalti. O segundo seu deu após uma brilhante jogada dos atletas pelo setor esquerdo do campo.

Com isso o CRB se mantém na faixa intermediária da competição. Quer dizer na 11ª posição. O próximo jogo do galo será na terça-feira, na Arena Fonte Nova, contra o Bahia, em Salvador.

Deixe o seu comentário