23 de julho de 2016 • 11:01 pm

Esportes

CRB vencia de 2 a 0, mas cedeu o empate no Pará. Galo é o terceiro

Juiz anula gol legítimo do galo e tira a vitória do time regatiano contra o Payssandu

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

O galo estava na frente. Vencia de 2 a 1 e aos 47 minutos do segundo tempo cedeu o empate para o Paissandu Payssandu, em jogo realizado em pleno estádio do “Papão da Curuzu”.

O jogo até parecia um clássico local, CRB e CSA, pelo colorido em campo. O time paraense usava um uniforme azul e branco muito parecido com do arquirrival local dos regatianos.

CRB empatou com Payssandu

CRB empatou com Payssandu

O CRB marcou no primeiro tempo com um belo gol do volante Olívio, que em chute certeiro de fora da área abriu o placar. O galo ainda marcaria um segundo gol na mesma etapa, após uma jogada bizarra do goleiro do Payssandu que chutou a bola nas costas do atacante Zé Carlos e esta foi parar no fundo das redes. A questão é o que juiz não  deu o gol.

No segundo tempo o técnico Mazola tirou o atacante Zé Carlos e colocou Neto Baiano, que fez o segundo gol do lago logo após entrar em campo.

O Payssandu conseguiu diminuir com um gol de penalti, após uma jogada brusca de Matheus Galdezzani dentro da área.

Ainda assim o empate foi um bom resultado para o time alagoano que tomou um empate em uma vacilada da defesa regatiana. O CRB agora com 32 pontos deixou escapar a vice liderança do campeonato, mas se mantém no G-4, em terceiro lugar.

Detalhe negativo da partida, o erro do juiz Sandro Meira Ricci, que não validou o gol legítimo do galo.

Deixe o seu comentário


Publicidade