2 de junho de 2016 • 3:50 pm

Maceió

Crea fiscaliza aeroporto e atenta para as instalações das pontes de embarque

Dentre os oitos contratos existentes, três são para as instalações dos novos ‘fingers’

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page
Fiscais tiveram acesso aos oito contratos de manutenção do aeroporto

Fiscais tiveram acesso aos oito contratos de manutenção do aeroporto

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Alagoas (Crea-AL) esteve, na manhã da última terça-feira, 31, no Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares, realizando uma fiscalização preventiva dos serviços desenvolvidos por empresas de engenharia e profissionais habilitados pela entidade. Dentre as principais ações questionadas pelos fiscais estiveram os contratos relacionados às pontes de embarque (fingers) e instalações das cobertas do estacionamento.

A equipe de fiscalização, liderada pelo engenheiro civil Carlos Eduardo, foi recebida pelo coordenador de manutenção do aeroporto, Edilson Ferreira, que acompanhou toda a inspeção dos fiscais.

AeroportoAtualmente, os serviços técnicos do aeroporto estão amarrados em oito contratos, que são manutenção elétrica; elevadores e escadas rolantes; refrigeração; civil e áreas verdes; operação de estacionamento; e três relacionados aos fingers, que ainda aguardam a assinatura da ordem de serviço para iniciar os trabalhos. São eles: desmontagem; obra civil e montagem dos fingers.

De acordo com Carlos Eduardo, gerente de fiscalização do Crea, essa é mais uma ação educativa e preventiva realizada pelo Conselho, buscando sempre garantir que os trabalhos sejam desenvolvidos por profissionais habilitados, certificando, conseqüentemente, a segurança da sociedade.

“Aqui, no Aeroporto Zumbi dos Palmares, milhões de pessoas, sejam elas brasileiros e estrangeiros, entram e saem do complexo. Portanto as coisas devem funcionar com muita atenção e profissionalismo, mas para que essa segurança seja garantida, é de vital importância que os serviços sejam realizados por profissionais capacitados e habilitados pelo Crea”, alertou o gerente.

Deixe o seu comentário