24 de junho de 2015 • 12:50 am

Maceió » Política

Crise na bancada do prefeito. Vereadores reclamam de tratamento recebido

Dudu Ronalsa se queixa de secretário e não poupa adjetivos para expressar sua irritação.

Por: Fátima Almeida
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page
Dudu Ronalsa: queixas contra o secretário de Infraestrutura (Foto Ascom Câmara)

Dudu Ronalsa: queixas contra o secretário de Infraestrutura (Foto Ascom Câmara)

Desta vez foi o vereador Dudu Ronalsa, membro da bancada e do mesmo partido do prefeito Rui Palmeira – o PSDB. Na sessão desta terça-feira (23) ele ocupou a tribuna da Câmara para demonstrar com todas as palavras e adjetivos, a sua insatisfação com o tratamento recebido de um membro da equipe do primeiro escalão da Prefeitura, e o alvo da sua crítica foi o secretário de Infraestrutura, Roberto Fernandes.

Embora tenha dito que a última vez que esteve com o prefeito foi em novembro de 2014 (portanto, há sete meses) Ronalsa tentou livrar o chefe do Executivo na sua crítica, dizendo que entende as suas ocupações. Mas não poupou o secretário, a quem chamou de “mentiroso” e “homem sem palavra”. Disse que foi tratado como um idiota e como palhaço, com o cancelamento de uma obra de galeria pluvial que seria iniciada a pedido do vereador.

Segundo ele, após três meses de peregrinação, a obra foi marcada, as pessoas foram para o local, inclusive ele, a equipe técnica e algumas pessoas da comunidade, no entanto o serviço foi suspenso na hora, pelo secretário. “Ele mente descaradamente; não tem palavra; não é homem. Não quero mais vê-lo na minha frente, nem pintado a ouro”, disse o vereador, sem o menor esforço de esconder sua irritação.

“Foi falta de consideração. Ficou um clima muito chato, de constrangimento; fui tratado como um idiota. O secretário me fez de palhaço. As pessoas que foram para a rua do Açaí, felizes com a obra, ficaram decepcionadas, não entenderam nada. E somos nós, os vereadores, que estamos lá, porque o povo nos colocou aqui para isso. O secretário é um mentiroso; deveria simplesmente falar: não dá para atender esse requrimento. Era melhor do que ficar mentindo, dizendo que vai fazer, nos fazendo de palhaço”, disse o vereador, bastante magoado. “Não quero mais conversa com ele. Não atendo o telefone, nem ligo pra ele. É melhor falar com um burro ou um jumento do que falar com esse secretário”, disse o Ronalsa.

Vereador Luiz Carlos, também na bronca (Ascom Câmara)

Vereador Luiz Carlos, também na bronca (Ascom Câmara)

O vereador Luiz Carlos, do DEM, também aproveitou a deixa para acrescentar sua queixa. “Os nossos requerimentos não têm tido resposta do Executivo. E nós devemos satisfação à sociedade”.

REINCIDÊNCIA

Esta não é a primeira vez que acontece de um membro da bancada reclamar do tatamento recebido de secretários do município. Semanas atrás, a vereadora Silvânia Barbosa (PPS) também ocupou a tribuna, ‘brava feito um siri na lata’, como ela mesma se autodefiniu, por causa do tratamento recebido do secretário de Esporte e Lazes do município, num evento público, no Pontal da Barra. E a ela fizeram coro outros vereadores, igualmente integrantes da bancada de sustentação do Prefeito Rui Palmeira, insatisfeitos com o tratamento recebido em diversas secretarias do município de Maceió.

Deixe o seu comentário