9 de fevereiro de 2017 • 7:42 am

Esportes

CSA decepciona contra o Sport e técnico Canindé já balança no cargo

O CRB também deu adeus à Copa do Brasil e o ASA salvou a noite da torcida de Arapiraca

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

Foi uma noite para os principais clubes de Alagoas  esquecerem que existe Copa do Brasil. A decepção só não foi maior por que o ASA empatou em 1 a 1 com a Ferroviária de Araraquara (SP) e passou para a segunda fase da competição.

Mas, o CSA levou uma goleada do Sport Recife por 4 a 1 em pleno estádio Rei Pelé e demonstrou mais uma vez que é um time desarrumado e pouco competitivo.

A derrota já deixou grande parte da torcida enfurecida com o técnico Oliveira Canindé, que ainda não apresentou um sistema de jogo eficiente, apesar de ter iniciado a preparação dos jogadores bem antes de todas as demais equipes alagoanas. No Mutange, já há conselheiros que pregam a mudança do comando técnico.

Canindé: em cheque no Mutange.

No jogo desta quarta-feira, 8, o azulão até que não fez um primeiro tempo ruim, mas levou o primeiro gol. Por sinal um golaço numa bola bem chutada pelo bom  volante Riccelli, do time pernambucano. Curioso é que o CSA perdeu para o CRB por 2 a 1 pela Copa do Noreste, reclamando de impedimento no primeiro  gol regatiano e conseguiu seu empate ainda no primeiro tempo contra o Sport também com um gol de impedimento. Entre os azuis fez-se o silêncio.

No segundo tempo, a torcida azulina viu o Sport dominar as ações e amliar o placar para 4 a 1 decepcionando de vez a torcida alagoana que esteve presenta no Trapichão. O time deu adeus a competição de forma melancólica.

Regatas também perde

Já o CRB foi ao Piauí enfrentar a Associação Atlética de Altos e perdeu por 2 x 0 no Estádio Lindolfo Monteiro. O Galo pois fim ao sonho de continuar na Copa do Brasil.

Durante todo o primeiro tempo Altos teve o comando da partida e fez 1 x 0. Na fase final o CRB voltou mais ofensivo, buscando o empate, ao tempo em que a equipe piauiense ficou mais na defensiva.

A salvação do futebol alagoano na noite foi mesmo o ASA, gigante de Arapiraca.

Deixe o seu comentário