26 de setembro de 2016 • 1:28 am

Eleições 2016 » Maceió

Debate na Pajuçara teve desafio de Cícero para Rui sobre a ‘máfia do lixo’

Os dois candidatos protagonizaram no quesito troca de acusações na área da saúde e sobre o contrato do lixo

Por: Da Redação
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

O primeiro debate na TV aberta entre os candidatos a prefeito de Maceió, realizado pelo Pajuçara Sistema de Comunicação na noite deste domingo, 25, teve como ponto alto a discussão a saúde pública em Maceió e um desafio do candidato  Cícero Almeida (PMDB) e Rui Palmeira (PSDB). Os dois protagonizaram a discussão do tema com a troca de acusações sobre a má gestão da saúde na cidade.

Debate na TV Pajuçara

Debate na TV Pajuçara

Almeida disse que a saúde está em estado de coma e acusou Palmeira de ter superfaturado em R$ 6 milhões a compra de medicamentos, além de ter as contas da Secretaria Municipal de Saúde rejeitadas pelo Conselho Municipal de Saúde. Rui contra atacou dizendo que quem superfaturamento houve no governo do adversário e citou mais uma vez o contrato dio lixo. E isso foi o bastante para que Cícero Almeida desafiasse Rui a provar que nesse processo  “exista o termo máfia do lixo. Se o senhor provar eu renuncio a candidatura. Se não provar o senhor renuncia o seu mandato”. O desafio ficou no ar, mas o candidato do PSDB se esquivou dessa contenda.

Os dois dois candidatos, Paulão (PT) e JHC (PSB) acusaram os Cícero e Rui de terem baixado o nível do debate. Mas ainda assim também atacaram os advsersários. Paulão acusou as falhas do prefeito atual na área de saúde e da assistência social, questionando o elevado número de moradores de ruas dormindo em praças e bancos da orla marítima.

Já JHC relembrou um caso de corrupção em que se envolveu o ex-senador Guilherme Palmeira, pai do atual prefeito, quando foi alijado da chapa do candidato a presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) “por ter negociado propina com uma empreiteira”. Palmeira negou e disse que tinha orgulho do pai.

Deixe o seu comentário