25 de abril de 2015 • 12:33 pm

Cotidiano

Defensoria pública vai combater violência das torcidas no estádios

Os defeensores iniciam trabalho no Juizado do Torcedor a partir deste domingo nos jogos do campeonato alagoano.

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

A

A guerra de torcidas ameaça a paz.

A guerra de torcidas ameaça a paz.

preocupação com a guerra das torcidas nos estádios de futebol, ameaçando por completo a paz e a segurança dos torcedores em dias de jogos, levou a Defensoria Pública a atuar junto ao Juizado do Torcedor. A Defensoria Pública determinou o engajamento dos defensores alagoanos durante os espetáculos,também para preservar os direitos de quem por alguma razão tenha sido lesado durante uma partida.

Eles começam atuar já partir deste domingo, quando defensor públicoo Ryldson Martins Ferreira inicia a atuação da Defensoria Pública no Juizado do Torcedor, no jogo entre CRB e ASA, pela semifinal do Campeonato Alagoano, partida com início previsto para às 16h, no Estádio Rei Pelé.

Por sua vez, o defensor Fábio Passos acompanhará na cidade de Coruripe o jogo entre CSA e Coruripe, também pela semifinal do Alagoano. Nas partidas dos dias 03 e 06, o defensor Marcelo Barbosa Arantes será o responsável pela atuação da Defensoria no juizado durante as partidas finais.

O Juizado do Torcedor foi criado para dar celeridade ao trabalho judiciário na prestação de serviços à população em ocorrências relativa aos jogos, além de combater o vandalismo e a violência durante as partidas. Ele funciona em dias de jogos, durante as partidas, no Estádio Rei Pelé, localizado no Trapiche da Barra.

Deixe o seu comentário