5 de Abril de 2015 • 8:03 am

Cotidiano

Defesa Social ao estilo do lema ‘bandido bom é bandido morto’

Bandido bom é bandido morto? Pode não ser essa filosofia da segurança pública na nova gestão do governo de Alagoas, mas é forte a declaração do Secretário de Defesa Social,…

Por: Marcelo Firmino
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Bandido bom é bandido morto? Pode não ser essa filosofia da segurança pública na nova gestão do governo de Alagoas, mas é forte a declaração do Secretário de Defesa Social, Alfredo Gaspar de Mendonça, sobre a ação da pasta na luta contra o crime em Alagoas.

Em entrevista uma emissora de rádio do sertão alagoano, o secretário foi categórico ao afirmar: – O bandido que teimar em desafiar a segurança pública será preso ou morto, nós estamos aqui para restabelecer a ordem.

Logo em seguida deixou claro que não será mais permitida a presença de bandidos em solo alagoano. Midiático, o secretário se apresentou como uma espécie de xerifão com um amplo leque de frases de efeito: – O tempo de bandidagem e do desrespeito contra a lei acabou. Nós temos que ter as nossas polícias trabalhando dentro da lei, dentro da legalidade.

E por fim lapidou a pérola do palavreado contra os bandidos nesta terra: -Entre um milhão de bandidos e um único policial quero que morra um milhão de bandidos. – Disse Alfredo Gaspar de Mendonça.

 

 

Deixe o seu comentário